• Clique Aqui
  • Clique Aqui

Archive for Maio 2012

,

'Caçador de ofertas' online compra carro zero km por R$ 500 em MS

Veículo de R$ 28,5 mil foi comprado em site de compras coletivas.
Consumidor já adquiriu viagens e aparelhos com até 98% de desconto.


'Caçador de ofertas' na internet, Jackson compra carro 0 km por R$ 500 em MS (Foto: Gabriela Pavão/G1 MS)
O bacharel em ciências da computação Jackson Dias Savitraz, de 27 anos, adquiriu na última semana um automóvel zero km por R$ 500 na oferta de lançamento de um site de compras coletivas em Campo Grande. Este foi apenas um dos produtos comprados por Jackson, que se diz 'caçador de ofertas' na internet e que já aproveitou descontos de até 98% em viagens e aparelhos eletrônicos. As chaves do automóvel foram entregues a Jackson na segunda-feira (28).

A promoção foi anunciada na internet no dia 16 de abril para marcar o lançamento de um site de compras coletivas. A gerente da empresa proprietária do site, Sílvia Sato, explicou ao G1 que a promoção foi uma estratégia para divulgar a página no mercado. “Fizemos a aquisição do carro direto da concessionária por R$ 28,5 mil e o anunciamos por R$ 500, com 98% de desconto. Fizemos dois dias de divulgação e informamos que, no dia 18 de abril, a qualquer hora do dia, o sistema seria liberado para uma compra única do produto, sem aviso prévio do horário certo”, relata.
Para afastar suspeitas de fraude, a empresa contratou uma auditoria que fiscalizou e registrou o processo de liberação do produto para a venda online. Jackson garante que teve sorte, pois navegava na internet na hora em que o site liberou a oferta. “Meu cadastro já estava salvo, o que acelerou o processo de compra. Foi só digitar os três últimos números do cartão de crédito para confirmar a transação”, lembra.

Jackson conta que começou a prestar atenção nas promoções online no ano passado. Desde então, ele já comprou um relógio de R$ 330 por R$ 4,99, um tablet por R$ 0,99, um televisor de 40 polegadas por R$ 50 e uma viagem de uma semana para o Caribe, com acompanhante, economizando 97% e gastando apenas R$ 201,72. Mas, no início, ele chegou a perder dinheiro por fazer transações em sites falsos ou suspeitos.
“Certa vez, fiz uma pré-compra e depois o site saiu do ar, as promoções sumiram. Fiquei com receio e hoje estou mais atento a esses tipos de problemas”, alerta. Desde então, Jackson procura comprar em sites confiáveis, nos quais a forma de pagamento é realizada por empresas reconhecidas no mercado.
O 'caçador de ofertas' diz ainda que procura indicar as melhores promoções para o maior número de pessoas possível, entre amigos e pelas redes sociais.“Com mais pessoas participando dessas promoções, maior será a variedade de produtos e os descontos também aumentam”, conclui.

Fonte: G1

,

Pará lidera empregos na construção civil

De acordo com um balanço do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconomicos (Dieese/Pa), o Pará apresenta um saldo positivo de geração de empregos no setor da construção civil. Somente este ano, o Estado já gerou quase 5 mil postos de trabalho.
Em abril, a flutuação dos postos de trabalhos no setor mostrou um crescimento de empregos de 2,46%, sendo feitas 7.398 admissões e 5.440 desligamentos, um saldo positivo de 1.958 postos de trabalhos. O Pará apresentou o maior saldo de geração de empregos formais em toda a região Norte, seguido do Acre e Tocantins. O Estado de Rondônia foi o que teve maior perda de empregos, com um saldo negativo de 3.189 postos de trabalho.
Somente nos quatro primeiros meses de 2012, foram feitas em todo o Norte 57.792 contratações e 51.636 demissões, gerando um saldo positivo de 6.156 postos de trabalhos. Um crescimento de 3,27% na geração de empregos formais.
Nos últimos 12 meses o Pará também apresenta crescimento na geração de empregos, com um saldo positivo de cerca de 17 mil postos de trabalhos. Este é o maior e melhor resultado entre os estados da Norte, representando cerca de 82% de todos os postos de trabalhos gerados na região.
O estudo do Dieese/Pa foi elaborado e analisado com base em informações oficiais do Ministério do Trabalho, segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), levando em consideração a nova metodologia adotada, que inclui registros entregues ao Ministério com atrasos e acertos. (DOL)

,

Relatório mostra que economia verde pode gerar em 20 anos até 60 milhões de novos empregos

Se todos os países adotarem uma economia mais verde como modelo de desenvolvimento, em 20 anos seriam criados entre 15 e 60 milhões de novos empregos no mundo. A conclusão está no relatório Rumo ao Desenvolvimento Sustentável: Oportunidades de Trabalho Decente e Inclusão Social em uma Economia Verde, divulgado hoje (31) pela Iniciativa Empregos Verdes.

O grupo, que reúne especialistas do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), da Organização Internacional do Trabalho (OIT), Organização Internacional de Empregadores (OIE) e da Confederação Sindical Internacional (CSI), mostra que o atual modelo de desenvolvimento não é mais capaz de gerar emprego produtivo e trabalho decente.

“Se a situação continuar como hoje, os níveis de produtividade dos países em 2030 serão 2,4% menores do que os atuais. Em 2050, esses níveis cairiam 7,2%. Os índices coincidem com estimativas de estudos sobre danos econômicos produzidos pela degradação do meio ambiente e a redução dos ecossistemas básicos”, sugere o relatório.
Em contrapartida, considerando apenas os empregos relacionados a produtos e serviços ambientais nos Estados Unidos, 3 milhões de pessoas já se beneficiam do novo padrão. Na União Europeia, existem 14,6 milhões de empregos diretos e indiretos na proteção da biodiversidade e recuperação dos recursos naturais e florestas, sendo mais de meio milhão só na Espanha.

Na Colômbia e no Brasil, os organismos internacionais destacaram a formalização e organização de quase 20 milhões de catadores informais. Ampliando as possibilidades de ocupação, o relatório aponta que o Brasil já criou cerca de 3 milhões de empregos com iniciativas sustentáveis, o que representa aproximadamente 7% do emprego formal.
De acordo com o estudo, é possível obter ganhos líquidos na taxa de emprego entre 0,5% e 2% do emprego total existente hoje. Mas os especialistas alertam que, para que o novo modelo funcione, é preciso combinar políticas.

As orientações indicadas no relatório elencam incentivos financeiros para estimular a mudança de padrões nas empresas, a adoção de um diálogo permanente com os diversos setores da sociedade e a garantia de políticas de mercado de trabalho que complementem políticas econômicas e socioambientais.

“A Lei Nacional de Garantia de Emprego Rural na Índia e na habitação social e os programas de bolsas verdes no Brasil são bons exemplos de políticas de proteção social que contribuem para o desenvolvimento sustentável”, destaca o documento.

Fonte: Agência Brasil

,

Lula diz que tem de 'tomar cuidado' com pessoas que não gostam dele

Ex-presidente deu palestra no V Fórum Ministerial de Desenvolvimento.
Ele é acusado de ter pressionado ministro para adiar mensalão no STF.


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quarta (30), em Brasília, durante palestra no V Fórum Ministerial de Desenvolvimento, que tem de "tomar cuidado" com pessoas que "estão aí no pedaço" e que não gostam dele.
Lula deu a declaração depois de afirmar que discursaria de pé para que não dissessem que ainda estava doente. O ex-presidente passou por um tratamento para curar um câncer na laringe. Ao final, deixou o local da palestra sem dar entrevistas.
“Vou falar de pé porque senão vão dizer que eu estou doente. Então, para evitar esses pequenos dissabores... Vocês sabem que tem muita gente que gosta de mim, mas tem algumas pessoas que não gostam. Eu tenho que tomar cuidado contra essas. São minoria, mas estão aí, né, no pedaço”, afirmou, sem citar nomes, no início da palestra sobre políticas para redução da desigualdade social.
O ex-presidente não fez referência direta ao episódio entre ele e o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal. Reportagem da revista "Veja" relatou encontro entre os dois no qual Lula, segundo a revista, pressionou o ministro com o objetivo de adiar o julgamento do mensalão. Em troca, teria oferecido a Mendes proteção na CPI do Cachoeira, em razão de uma viagem do ministro a Berlim, em companhia do senador Demóstenes Torres. Depois, Mendes confirmou o encontro com Lula, e o ex-presidente disse, por meio de nota, que a reportagem é "inverídica" e que a recebeu com "indignação".

“O procurador Antonio Fernando de Souza apresentou a denúncia do chamado Mensalão ao STF e depois disso foi reconduzido ao cargo. Eu indiquei oito ministros do Supremo e nenhum deles pode registrar qualquer pressão ou injunção minha em favor de quem quer que seja”, afirmou Lula na nota.
Nesta terça, Gilmar Mendes voltou a falar sobre o episódio e afirmou que "gângsters" e "bandidos" estão plantando informações contra ele com o objetivo de atingir o Supremo Tribunal Federal. Ele disse que Lula era a "central de divulgação" dessas informações. Lula não comentou.

,

Tabaco é segunda causa de mortes no mundo

No Dia Mundial sem Tabaco, lembrado hoje (31), a Organização Mundial da Saúde (OMS) alerta que o uso de produtos derivados do fumo é a segunda causa de mortalidade no mundo, respondendo por um em cada dez óbitos registrados entre adultos. O fumo só perde, em número de mortes, para a hipertensão.
O tema deste ano é Interferência da Indústria do Tabaco. O objetivo é expor e combater tentativas consideradas pela OMS como “descaradas e cada vez mais agressivas” de minar os esforços no controle da substância.
Umas das críticas aborda, por exemplo, ações para acabar com as campanhas de advertências sanitárias que ilustram as embalagens de cigarro. As empresas, de acordo com a OMS, têm processado países, utilizando como argumento tratados bilaterais de investimentos e alegando que as imagens e os dizeres atingem o direito de utilizar marcas legalmente registradas.
Outro problema citado pela entidade trata das tentativas, também por parte da indústria do tabaco, de acabar com leis que proíbem o fumo em locais públicos fechados e que limitam a publicidade de produtos derivados da substância.
O fumo é considerado pela OMS como uma das principais causas preveníveis de morte em todo o mundo. Entretanto, o cenário traçado pelo órgão é de epidemia global, já que o tabaco mata quase 6 milhões de pessoas todos os anos – mais de 600 mil delas são fumantes passivos.
“A menos que tomemos uma atitude, o tabaco vai matar mais de 8 milhões de pessoas [ao ano] até 2030, sendo mais de 80% em países de baixa e média renda”, ressaltou a OMS, em nota. (ABr)

,

Americana de 6 anos é a mais nova da história em concurso de soletração

Concurso educacional criado há 87 anos tem nova edição na quarta-feira.
São 278 candidatos entre 6 e 15 anos tentando soletrar palavras difíceis.


A edição de 2012 do Concurso Nacional de Soletração, a competição educacional mais antiga e conhecida dos Estados Unidos, começa nesta quarta-feira (30) com 278 candidatos e um recorde histórico: pela primeira vez desde 1925, uma criança de 6 anos se qualificou para competir. Lori Anne Madison, do estado de Virginia, que aprendeu a ler aos 2 anos e entrou no seu primeiro concurso de soletração aos 3 anos e meio, vai disputar o título com adolescentes de até 15 anos de idade.

De acordo com o site oficial da competição, 84% dos concorrentes nesta edição, vindos de todas as partes dos Estados Unidos e de outros oito países, têm entre 12 e 14 anos.
A qualificação de Lori, atualmente na segunda série do ciclo básico de ensino americano, foi conquistada na etapa regional em março, e a transformou em uma celebridade instantânea no país, já que o concurso tem tanta popularidade que é transmitido ao vivo pela televisão a cabo.
O assédio fez com que ela decidisse parar de visitar estúdios de notícias para dar entrevistas. Lori aceitou falar com a Associated Press durante um piquenique com outras crianças prodígio que, como ela, são educadas em casa, pelos pais. "Eu não gosto muito [de entrevistas]. Eu pedi para não dar mais entrevistas, mas a mídia parece que está me desobedecendo, e por isso estamos procurando por caracóis e lesmas agora", disse ao repórter, em tom autoritário.
Falando com fluência e enorme rapidez, ela explicou que sua palavra favorita de soletrar é "sprachgefuhl" (vocábulo de origem alemã que, segundo o dicionário Merriam-Webster, significa "um sentido intuitivo sobre o que é linguisticamente apropriado"). Depois de pensar por alguns segundos, a garota conseguiu, inclusive, soletrar a palavra de trás para frente. "É ainda mais doida de trás para frente", disse ela, antes de voltar a procurar molucos à beira do rio.

Astrobióloga
Além da soletração, Lori também coleciona feitos em outras áreas, como a natação, que ela pratica quatro vezes por semana, sonhando em chegar ao nível olímpico. A pequena diz que pretende seguir a carreira de astrobióloga e descobrir novas formas de vida. "Vou catalogar e descobrir formas de vida. E, além disso, planetas alienígenas são novidade", explicou.
A precocidade da menina fez com que os pais passassem a receber olhares atravessados em bibliotecas desde a primeira infância de Lori. A mãe dela, a professora universitária Sorina Madison, precisou largar o emprego para educar a filha, depois que um colégio particular destinado a crianças superdotadas recusou a matrícula de Lori com a justificativa de que ela ficaria muito à frente dos colegas.
"É como se ela fosse uma adolescente dentro do corpo de uma criança de 6 anos. Seu cerébro, ela entende coisas muito avançadas para sua idade", afirmou Sorina.

Concurso
Os competidores são chamados um por um ao microfone e recebem uma palavra que precisam soletrar em voz alta. Eles podem receber dicas, como a origem etimológica e o significado da palavra. Porém, se erram a soletração, são eliminados. Vence quem permanecer na competição durante o maior número de rodadas.
Não há grandes chances de que Lori vença o concurso, que consiste na etapa preliminar, durante toda a quarta-feira, uma semi-final e a grande final, que acontecem respectivamente na manhã e na noite da quinta-feira (31). Afinal, os adolescentes se preparam por meses durante várias horas ao dia para a competição, que neste ano acontece no estado de Maryland.
"Ela não se senta na mesa por horas para estudar nada. Quer dizer, ela tem 6 anos. Ela ainda tem 6 anos e queremos permitir que ela tenha 6 anos", explicou a mãe de Lori, que se prepara para o concurso pulando na cama elástica enquanto Sorina lhe dá palavras para soletrar.


,

Corpo de adolescente afogada no rio Guamá, Boiou.


No final da manhã de segunda-feira (28), o corpo da adolescente conhecida por Letícia Samara, morta afogado no rio Guamá, boiou. 

Ela, e mais cinco amigos estavam em uma Rabeta “uma pequena embarcação impulsionada por um motor” próximo ao Trapiche Municipal, quando o acidente ocorreu, e ela sumiu nas correntezas do rio Guamá.


Imagens Fortes.



,

Homofobia deve virar crime no País

A comissão de juristas do Senado responsável por propor o novo Código Penal pretende tornar crime a homofobia e ampliar a quantidade de situações em que uma pessoa pode responder na Justiça por discriminação. Pelo texto, poderá ser processado quem pratica discriminação ou preconceito por motivo de gênero, identidade ou orientação sexual e também em razão da procedência regional.

Pela legislação atual, só podem responder a processo judicial quem discrimina por causa da raça, da cor, da etnia, da religião ou da procedência nacional. Assim como na legislação em vigor, que segue a Constituição Federal, a conduta será considerada imprescritível (o discriminado pode processar a qualquer momento), inafiançável e não passível de perdão ou indulto.

A comissão manteve para os crimes a mesma pena aplicada hoje pela Lei 7.716, de 1989, que define os crimes resultantes de preconceito de raça ou cor: de 2 a 5 anos de prisão. A ideia é incorporar toda essa legislação ao novo Código. A pena para a prática pode ser aumentada em um terço até a metade caso a discriminação tenha sido cometida contra menores.

As condutas

Os juristas decidiram apresentar um rol de condutas que seriam consideradas discriminatórias. Entre elas, impedir o acesso de alguém, devidamente habilitado, a uma repartição pública ou privada, assim como a promoção funcional de alguém, por exemplo, pelo fato de ser mulher, homossexual ou nordestino. O crime também estaria configurado se a discriminação ocorrer em meios de comunicação e na internet.

O presidente da comissão e ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Gilson Dipp, considerou um avanço a proposta aprovada. A comissão tinha prazo até o fim do mês para entregar o anteprojeto ao presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). Os trabalhos, porém, foram prorrogados até o dia 25 de junho. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

,

Presidente do DEM proíbe apoio ao PSD











BRASÍLIA - O senador José Agripino Maia (DEM-RN), presidente nacional do DEM, afirmou ontem que já está proibido o apoio do partido às candidaturas que tiverem o PSD como cabeça de chapa.

– Isso é um assunto decidido, tem apoio de 100% do partido. A votação é mera formalidade – afirmou o parlamentar.

O DEM pretende vetar a adesão dos diretórios municipais às chapas do PSD para prefeito, mas aceitará receber apoio do adversário. Os dois também poderão estar do mesmo lado, na coligação de candidatos de outros partidos. A resolução será votada na próxima reunião da direção executiva nacional. Segundo Agripino, o veto será uma manifestação de inexistência de afinidade:

– Em toda parte, o PSD agrediu o DEM. Em Goiás, São Paulo, Santa Catarina. Não é dar o troco, é uma decisão marcar nossas diferenças.

A resolução não impedirá chapas com o DEM como prefeito e o PSD como vice, mas o senador afirmou que isso é pouco provável.

,

ROGÉRIO LIMA TEM DE VOLTA A SUA LIBERDADE





A Meritíssima Juíza de Direito do Município de São Miguel do Guamá Dra. Priscila Mamede Mousinho, revogou a prisão preventiva de ROGÉRIO LIMA DE ARAÚJO  e concedeu liberdade provisória nesta Quinta-feira 24/05, conforme pedido feito pelo seu Advogado Dr. Marcos Pacheco, juntamente com o Estagiário Ariel Castro. Rogério Lima estará hoje na Emissora Rádio Guamá AM, no programa ROTA 1160, dando entrevista falando desse caso ás 12:15.

Fonte: Blog Ariel Castro

,

Dilma Rousseff apresenta hoje seus vetos ao Código Florestal

A presidente Dilma Rousseff apresentará hoje sua lista de vetos ao Código Florestal e as propostas do governo para preencher os buracos legais deixados no texto.
O veto será provavelmente parcial, segundo adiantou ontem o vice-presidente, Michel Temer. A ideia é tentar restaurar a essência do projeto de código aprovado pelo Senado, segundo informou à Folha uma pessoa envolvida nas negociações.
Uma mudança importante deve ser feita no polêmico artigo 62 do código, que trata da recomposição de florestas desmatadas em beira de rio --e cuja versão da Câmara caracterizava anistia a desmatadores, na opinião do governo.

A formulação anterior, definida pelo Senado para o artigo, deve voltar ao texto. Assim, os proprietários serão obrigados a recompor faixas de mata ciliar de tamanhos variados, a depender da largura do rio.
O Ministério do Meio Ambiente aceitou flexibilizar a recomposição para os minifúndios, propriedades rurais de até 1 módulo fiscal de área (que correspondem a 6% da área agrícola do país, mas a 65% dos imóveis).
Em troca, o mínimo de recomposição de mata ciliar seria elevado para 30 metros à beira de rios pequenos, em vez dos 15 metros definidos pelos textos do Senado e da Câmara.

REUNIÃO
 
Às 9h desta sexta-feira, Dilma recebe a ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, e os líderes do governo Arlindo Chinaglia (Câmara), Eduardo Braga (Senado) e José Pimentel (Congresso).
O objetivo é fazer uma exposição prévia dos vetos e acertar a estratégia na tramitação de uma nova proposta no Congresso para cobrir as lacunas que o veto deixará na legislação.
"A reação da opinião pública confirmou a tese que defendíamos de que seria melhor ter apostado no acordo do Senado", afirmou a ministra.
No encontro de hoje, Ideli vai sugerir à presidente a fazer uma reunião ampliada com todos os líderes da base e os ministros envolvidos nas negociações.
Ontem à noite, ambientalistas iniciaram uma vigília em frente ao Planalto na expectativa do veto.
Dilma esteve reunida com ministros no Planalto fechando os vetos e a maneira como será enviada a nova proposta legislativa sobre o tema.
O encontro faz parte de uma exaustiva série de encontros que a presidente tem feito desde sábado com Gleisi Hoffman (Casa Civil), Izabella Teixeira (Meio Ambiente), Mendes Ribeiro (Agricultura), Pepe Vargas (Desenvolvimento Agrário) e Luis Inácio Adams (Advocacia-Geral da União).
Nos encontros, cada artigo do código foi discutido, com direito a aulas particulares de especialistas, como o agrônomo Gerd Sparovek, da Esalq-USP, e o ex-ministro da Agricultura Roberto Rodrigues.
Prevaleceu no governo a posição de Izabella, que defendia o texto do Senado como o melhor acordo possível para conciliar produção agrícola e conservação.
Na manhã de ontem, o governo recebeu uma petição com 1,9 milhão de assinaturas pedindo que a presidente vete o texto aprovado pela Câmara. O documento foi entregue pela ONG Avaaz.
"O texto aprovado é um texto horrível", afirmou o diretor da Avaaz, Pedro Abramovay, ex-secretário nacional de Justiça. "É muito difícil pensar uma solução que respeite algum pedaço desse texto, é o texto do desmatamento. A gente quer o veto total ao desmatamento", completou.


 Fonte: Folha.com

,

MPF denuncia 10 pessoas por fraudes na Sesma

Os procuradores da República Igor Nery Figueiredo, André Sampaio Viana e Ubiratan Cazetta, do Ministério Público Federal (MPF), denunciaram dez pessoas acusadas de envolvimento em fraudes calculadas em R$ 1,5 milhão em licitação da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma) para compra de produtos hospitalares, em 2009.
O principal acusado é o atual secretário de Administração de Belém, Alan Dionísio Leão de Sales, que presidia a comissão de licitação da Sesma na época. A ação tramitará na 3ª Vara da Justiça Federal em Belém.
Também foram denunciados por “fraude ao caráter competitivo da licitação, com elevação arbitrária dos preços e peculato” os proprietários e administradores de empresas: Sandra Marleny Pinho Pinheiro e Mário Célio Guimarães Pinheiro, da Artfio Comércio e Representações Ltda.; Brandão de Sousa Rezende, da Hospfar Indústria e Comércio de Produtos Hospitalares Ltda.; Margareth dos Santos Brito e Waldir Raimundo de Oliveira Brito Júnior, da Cristalfarma Comércio Representação Importação e Exportação Ltda.; José Fernando Prado Pereira e Marlene Cardoso Prado Pereira, da Comércio e Representações Prado Ltda.; e Walda Britto Cardoso, da F. Cardoso & Cia. Ltda. O décimo nome não foi divulgado pelo MPF. Os acusados podem ser condenados a penas que variam de dois a 22 anos de prisão, além de multa.

OPERAÇÃO

Segundo o MPF, a fraude foi constatada pela Controladoria-Geral da União (CGU) durante operação de busca e apreensão nas dependências da Sesma, em junho de 2010, a pedido do MPF que coletou centenas de documentos e computadores relativos a licitações. A CGU chegou à conclusão de que os preços pagos pela Sesma por luvas cirúrgicas, bolsas de colostomia, aventais, lençóis descartáveis, entre outros, eram 80,32% maiores do que os praticados no mercado.
Segundo os procuradores, a licitação teria sido direcionada por Alan Dionísio para a vitória das empresas envolvidas no esquema, “com preços superestimados e superfaturados”. Alan ainda é acusado de ter manobrado para que vencessem as propostas mais caras, fazendo constar exigências abusivas” no edital de licitação e “restringindo o caráter competitivo e a participação de outras empresas, segundo a assessoria de comunicação do MPF.

As empresas Artfio, Hospfar, Cristalfarma, Prado e F. Cardoso, apesar de não terem conseguido cumprir as exigências, teriam sido declaradas vencedoras pelo presidente da comissão. Ele também teria dispensado a empresa Hospfar de oferecer o preço de R$ 95 pedido pela Sesma para as bolsas de colostomia, cerca de R$ 20 mais caro que o preço de mercado, e ainda conseguiu R$ 160 por pacote, num contrato que chegou a R$ 800 mil, R$ 425 mil mais caro do que estava previsto.
Em nota, a assessoria de comunicação da Sesma informou que até ontem o seu departamento jurídico não tinha sido “notificado oficialmente pela Justiça Federal sobre denúncia de fraudes em processo licitatório da secretaria”.

Segundo a nota, “a Sesma ressalta que somente irá se pronunciar quando tiver conhecimento oficial da denúncia”.
(Diário do Pará)

,

Comissão aprova projeto que inclui casamento gay no Código Civil

Proposta da senadora Marta Suplicy não interfere no casamento religioso.
Projeto ainda precisa passar por CCJ e plenário do Senado e pela Camara.

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) aprovou projeto de lei da senadora Marta Suplicy (PT-SP) que introduz no Código Civil a união estável entre casais homossexuais e a possibilidade da conversão dessa união em casamento civil. A proposta não interfere nos critérios adotados pelas igrejas para o casamento religioso.

O projeto define como entidade familiar “a união estável entre duas pessoas, configurada na convivência pública, contínua e duradoura e estabelecida com o objetivo de constituição de família”.
Para ser transformada em lei, a proposta ainda necessita de aprovação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e no plenário do Senado e também na Câmara dos Deputados.
O projeto de Marta Suplicy transforma em lei a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que em maio do ano passado reconheceu a união estável entre homossexuais como unidade familiar.  "O que nós fizemos foi colocar no Código Civil aquilo que o STF já fez", declarou a senadora.
De acordo com a Agência Senado, a relatora do projeto na Comissão de Direitos Humanos, senadora Lídice da Mata (PSB-BA), afirmou que o Congresso está "atrasado" em relação a outras instituições que já reconheceram a união de casais do mesmo sexo, como o STF, a Receita Federal e o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).
Se transformado em lei, o projeto eliminará dificuldades de casais homossexuais para conseguir efetivar o casamento civil, apesar da decisão do Supremo. Mesmo com a decisão do STF alguns juízes argumentam que não existe legislação sobre o assunto.

,

Índios fazem funcionários da Casai de reféns

Cerca de 200 índios fazem de reféns, desde às 9h de hoje (24), todos os funcionários da Casa de Saúde do Índio (Casai), localizada na rua da Brasília, bairro Maracacuera, no distrito de Icoaraci. Eles reivindicam melhores condições de saúde na instituição.
Os índios são liderados pelo cacique dos Kayapós e estão pintados, como se fossem à guerra, e armados com bordunas e cabos de vassouras. A portaria da Casa está tomada pelos manifestantes, impedindo a entrada ou saída das pessoas no local.
A negociação é feita por um Tembé, já que nenhum índio da Casai fala a Língua Portuguesa, além de ajuda da própria imprensa. Segundo os índios que realizam a manifestação, os reféns só serão liberados com a chegadas da diretora da Casai, que está no município de Marabá e tenta adiantar o voo para Belém.
De acordo com os índios, a Casa de Saúde possui apenas um médico para atender todos da instituição, o que seria insuficiente. A Casa atende índios doentes, vindos de várias cidades paraenses, que precisam de acompanhamentos médicos. A capacidade seria de 60 pessoas, mas atualmente abriga cerca 200.(DOL)

,

Direto do Facebook.


,

POSTURA ELEITOREIRA


Em ano eleitoral, as cidades começam a virar canteiros de obras. Ruas que não eram pavimentadas ganham pavimentação, praças são construídas, e por aí vai...é como se o próprio governo assinasse embaixo de sua incompetência administrativa reconhecendo o descaso com que tratou a população durante todo o mandato. Reivindicações antigas da sociedade, cuja carência causou contratempos e perdas irrecuperáveis, são atendidas a toque de caixa, em fim de mandato, sem o mesmo cuidado e mesma qualidade que teriam caso tivessem sido realizadas em  tempo adequado. Tradicional exemplo é a pavimentação de ruas em locais que não possuem nem saneamento básico (sem implantação de sistema de esgoto, pois este não aparece).  Jogam um asfalto de péssima qualidade que durará até a eleição e a população, ansiosa por melhorias, não vê que aquilo não é solução, pois com o tempo (aliás com pouquíssimo tempo) o asfalto estará todo desfeito e o dinheiro terá sido jogado fora. E ainda, no caso de futura obra para implantar o saneamento básico, terá que ser desfeita toda a pavimentação realizada, ou seja, é a mostra mais evidente de descaso com o dinheiro público. Obras que poderiam ter sido realizadas com calma e com qualidade, desde o início do mandato, são utilizadas para enganar os olhos do povo.

Pedidos da população, que durante o mandato só recebiam o silêncio como resposta, começam a ser atendidos, e os políticos, omissos, começam a ajudar com medidas necessárias, porém há muito desprezadas, mostrando-se prestimosos e eficientes. Pena que tanta boa vontade venha só em ano eleitoral!
Aproveitam-se de duas importantes questões para assim agirem: 1º) uma população desacostumada a observar e analisar, de forma crítica, o proceder de seu governante, enquanto administrador, e desarticulada, omissa e desunida, que não se movimenta para reivindicar seus direitos; 2º) uma cultura arcaica introjetada em nossa sociedade desde o tempo em que éramos colônia: o colonizador como benfeitor, detentor do poder,  ao qual todos devem agradecer pelas melhorias feitas, e o colonizado dependente, submisso, sem direitos, recebendo somente concessões, por parte do colonizador, pelas quais ainda tem o dever de ser grato. 

Valem-se da "memória curta" do eleitor, expressão que, na verdade, nada tem a ver com a memória em si, mas sim com a postura de total subserviência dos governados, cultura que ainda possui resquícios em nossa sociedade. A população esquece que o poder pertence a ela, que as pessoas são sujeitos detentores de deveres, mas também de direitos. Estes direitos são previstos constitucionalmente, não são concessões ou favores dependentes da boa vontade do governo. Daí a necessidade de observar e analisar, criticamente, no dia-a-dia, como está sendo conduzida a administração pública, o que está sendo feito, como está sendo aplicado o dinheiro, fiscalizar, discutir e participar efetivamente. A população deve ficar atenta ao cotidiano de sua região para não cair mais nos deslumbres das belas obras que costumam fechar os mandatos omissos com finalidade de despertar os adormecidos desavisados. Deve atentar também para o costume de muitos governos de impor condições, como, por exemplo, apresentação de título eleitoral para usufruir de serviços a serem prestados. Esta é uma das formas usuais de tentar coagir o eleitor a ser-lhe grato. A população deve abandonar a ideia primária de que o eleitor deve, com seu voto, ser grato ao governo que, utilizando máscara de benfeitor, tantas melhorias fez pela região. Não há que ser grato ao governante, isso não existe num país democrático e livre. O que existem são obrigações e direitos por parte de governantes e governados. E a obrigação do governante é trabalhar todos os dias, desde o dia da posse, para realizar obras e disponibilizar serviços de qualidade. É uma obrigação constitucional. Não pode ser utilizada como argumento para cobrar a gratidão do eleitor por meio do voto. O voto é simplesmente uma consequência da qualidade do trabalho realizado.

Já é hora da população acordar e saber distinguir entre quem realmente trabalha e quem só investe na maquiagem de período eleitoral; perceber que não existe mágica que de repente transforme um governo omisso em solícito e pronto a atender as solicitações, e que o governo que assim age está usando as necessidades da população para crescer eleitoralmente visando sua manutenção no poder e consequentemente a continuidade de sua omissão.

Que os cidadãos estejam atentos, e saibam que NADA, mas NADA MESMO pode cercear nem direcionar sua liberdade de decisão. Esta é garantida por lei, pois já há muitos anos que nosso país é um país livre regido por uma constituição que diz: “Todo poder emana do povo e em nome do povo deve ser exercido”.


,

Greve de professores federais completa sete dias

A greve dos professores de universidades federais que iniciou na última quinta-feira (17), em todo o país, entra no seu sétimo dia sem nenhuma perspectiva de terminar. 42  universidades, das 59 instituições federais de ensino, aderiram à paralisação.
“Em alguns locais, como na Universidade Federal Fluminense (UFF), 1500 alunos se uniram e apoiaram a greve”, disse o professor Benedito Ferreira, pertencente ao comando local de greve do Pará.
Em Belém, acontece hoje (23) uma assembleia, às 9h30, no auditório Setorial Básico II, na Universidade Federal do Pará (Ufpa).
“Será informado como está o movimento nacional e os encaminhamentos locais da greve. Todos podem participar, mas apenas os professores que podem votar”, explicou o professor.
A Secretaria de Ensino Superior do MEC (MEC/Sesu) também realiza hoje, às 17h, uma reunião com o Comando Nacional de Greve (CNG). 
Para Benedito Ferreira, dentre todas as pautas locais e nacionais, o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) é o principal.
“Ano passado o Governo disse que no dia 31 de março desde ano a reorganização seria feita, mas isso não ocorreu”, comentou.
De acordo com o responsável pelo Comando Nacional de Greve do Andes-SN, Aluísio Finazzi, o atual plano de carreira não possibilita um crescimento satisfatório do professor.
“Precisamos mudar isso, temos uma reunião marcada com o Ministério do Planejamento, o Ministério da Educação e sindicatos para o próximo dia 28. Esse período será de mobilização, pelo menos até essa data estaremos em greve”, disse  Finazzi.

,

Facebook testa nova versão da Linha do Tempo, diz site

Reportagem afirma que rede social testa novidade com alguns usuários.
Mudanças são sutis e tornam página 'mais limpa'.


O Facebook já pode estar realizando testes de uma nova versão da Linha do Tempo, a página principal do usuário que apresenta os eventos publicados em ordem cronológica, de acordo com reportagem do site "Talking Points Memo".
De acordo com a reportagem, o Facebook não revelou quantos usuários fazem parte do teste nem quando a nova Linha do Tempo seria lançada. Segundo o site, as mudanças tornam a página do usuário "mais limpa".



Entre as novidades da nova versão está a mundança do nome do usuário e de seus dados pessoais como local onde vive, ocupação, onde estudou, que aparecem em cima da foto de capa - a imagem que abre a Linha do Tempo. O texto aparece na cor branca para contrastar com a imagem.
A nova Linha do Tempo também mostra uma lista de "acontecimentos importantes da vida do usuário, e todos os "Curtir" aparecerão em uma área de "Favoritos", permitindo rever com maior facilidade aquilo que ele mais gostou. No teste, de acordo com o site, as áreas "Amigos", "Fotos", "Mapas" e a nova "Favoritos" aparecem em um espaço reduzido, mais discreto, abaixo da foto de capa.



Fonte: G1

,

Sucesso no Facebook!


,

Japão inaugura a torre mais alta do mundo

Torre de comunicações tem 634 metros de altura.
Primeira visitante foi a mulher que criou o nome 'Sky Tree'.

A Tokyo Sky Tree, reconhecida como a torre mais alta do mundo em 2011 pelo Guinness, o livro dos recordes, com 634 metros de altura, abriu nesta terça-feira (22) suas portas ao público em Tóquio, no Japão, em meio a uma grande expectativa e longas filas desde as primeiras horas do dia.
Apenas os cerca de oito mil afortunados que conseguiram comprar entradas antecipadamente poderão contemplar nesta terça a vista da metrópole desde a torre, que supera em altura à da cidade chinesa de Guangzhou, de 600 metros.
Após uma cerimônia inaugural em frente aos elevadores da estrutura, foi permitido o acesso da primeira visitante, a mulher que criou o nome "Sky Tree" em um concurso organizado pela operadora do complexo, informou a cadeia pública "NHK".
Devido ao grande número de visitantes previsto, até 10 de julho só poderão ser adquiridas entradas para o primeiro dos observatórios, situado a 350 metros de altura.

A partir dessa data serão comercializados os bilhetes que dão acesso ao segundo observatório, que, a 450 metros de altura, oferece uma panorâmica de até 70 km da região metropolitana de Tóquio.
A expectativa é que a torre, cuja construção começou em 2008 e foi encerrada em 29 de fevereiro, atraia cerca de 32 milhões de visitantes em seu primeiro ano de funcionamento.
O complexo que abriga a torre inclui ainda um centro comercial com mais de 300 estabelecimentos.
A torre não é a edificação mais alta do mundo, pois é superada pelo arranha-céu Burj Khalifa com seus 828 metros de altura, em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Segundo o Guinness, o prédio de Dubai é a estrutura mais alta do mundo.
Trata-se da mais alta torre de difusão de TV no mundo, seguida, apenas pela de Cantão na China (600 metros).


 Fonte: G1

,

Polícia Civil divulga normas para eventos na quadra junina

 
A Polícia Civil do Pará vai intensificar a fiscalização durante a quadra junina, para cumprimento da Portaria 143/2012, publicada na edição desta segunda-feira (21), no Diário Oficial do Estado. A portaria, que disciplina os eventos previstos para o período, estabelece que as festas serão realizadas de 1º a 30 de junho.
Caberá à Divisão de Polícia Administrativa (DPA) autorizar o registro e a vistoria do local onde será realizado o evento, para que seja expedida a licença. O responsável pelo evento terá de requerer a licença até três dias úteis antes da data de realização da festa. Para emitir a licença, a DPA, primeiro, fará a vistoria nas instalações elétricas, hidráulicas e hidrossanitárias, e verificará intensidade, disposição e propagação de serviço de som no meio ambiente.
Também serão verificadas as instalações físicas e os sistemas de segurança, alambrados e saídas de emergência. O responsável pelo local do evento – casa noturna, boate ou similar - deverá requerer, antes da vistoria, o documento de Licenciamento Especial de Fonte Sonora, emitido pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente. Nesses locais e no entorno, a venda de bebida alcoólicas em vasilhame de vidro está proibida.
Já os eventos de caráter folclórico, cultural e familiares não poderão ter fins lucrativos, por meio de venda de ingressos, bebidas ou de alimentos. Nesses eventos, somente será permitido o uso de equipamentos de som doméstico, como rádio e aparelho de som. Está proibido o uso de aparelhagem sonora de qualquer tamanho.

Lei municipal - Em cada município, os estabelecimentos comerciais deverão seguir os horários de funcionamento definidos pela lei municipal. Eventos que forem realizados em instituição de ensino terão licença da DPA após a autorização da direção da unidade escolar e apresentação de licença de fonte sonora, expedida pelo órgão municipal de meio ambiente. Neste caso, é proibida a venda ou o fornecimento de bebidas alcoólicas. O som também deverá ser doméstico.

O uso de fontes de propagação de som, como caixas acústicas, projetores ou carro de som, será proibido na área externa ao evento. Da mesma forma, serão proibidos eventos realizados a menos de 200 metros de locais como hospitais e postos de combustíveis.

Os eventos culturais, folclóricos e familiares só poderão ser realizados em locais públicos, como praças, vilas e alamedas, mediante a prévia autorização da DPA e dos órgãos públicos municipais de trânsito, cultura e meio ambiente. Deverá haver consentimento prévio dos moradores para que o evento seja realizado.

Também estão proibidos o uso de balões infláveis, a queima de bombas de alto poder explosivo e a montagem de fogueiras naturais a menos de 200 metros de locais como postos de combustíveis, depósitos ou lojas de materiais inflamáveis, hospitais, escolas, estacionamentos de veículos ou rede de energia elétrica e de telefonia.
A autorização para realizar o evento será suspensa em caso de descumprimento das normas da portaria ou desobediência à legislação.

Fonte: Agência Pará

,

Policiais civis apreendem arma e drogas ilegais em Castanhal

Indiciados e apreensões
Policiais civis do NAI (Núcleo de Apoio à Investigação) e da Seccional Urbana do Jaderlândia, em Castanhal, nordeste do Estado, flagraram Luciano Cruz de Oliveira e Jéssica Maciel Tavares, que estavam responsáveis por um esquema de venda de drogas no município. O flagrante se registrou após denúncia anônima. Os policiais tiveram a informação de que os acusados estavam em uma casa no bairro Jaderlândia, onde preparavam uma grande quantidade de drogas. Assim, os policiais foram ao local para investigar os fatos. Os agentes identificaram o morador da casa como Luciano Cruz, que é filho de um casal de traficantes e que já esteve preso, no ano passado, de 2011, por roubo. Os policiais entraram na casa e ali constataram a prática de tráfico de drogas.
O casal Luciano e Jéssica ainda conseguiu se desvencilhar de parte da droga, jogando-a pelo vaso sanitário. Mesmo assim, os agentes ainda encontraram uma pedra de óxi, balança digital, material para preparo da droga e um revólver calibre 38 com munição. Luciano Cruz cumpria prisão domiciliar pelo crime de roubo. Já Jéssica estava em liberdade provisória havia 30 dias por ter sido recolhida no Centro de Recuperação Feminino do Coqueiro, pelos crimes de tráfico de drogas e associação ao tráfico. Ambos foram autuados por tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse ilegal de arma de uso permitido. Toda a operação policial foi coordenada pelos delegados Augusto Damasceno e Fernando Rocha, do NAI; pelo delegado Marco Antonio Oliveira, da Seccional do Jaderlândia, e pelo delegado Luís Xavier, superintendente da Zona do Salgado.

,

Já é Sábado.


Local do Forrozão
Local do Forrozão


,

Veja frases impactantes de Xuxa em bombástica entrevista

Aos prantos, apresentadora falou ao Fantástico que foi abusada durante toda a infância

Aos 49 anos, Xuxa Meneghel deu uma corajosa entrevista neste domingo (20) ao Fantástico (Globo).

Chorando muito, a apresentadora revelou que sofreu abuso sexual durante toda a infância e que isso só parou aos 13 anos.

Xuxa também contou que recebeu uma proposta para se casar com Michael Jackson, que seu grande amor foi Ayrton Senna e que sofre muito por ser uma pessoa tão famosa e sem liberdade de ir e vir.

Leia, abaixo, os trechos mais impactantes da entrevista da Rainha dos Baixinhos:

Abuso na infância

— Quando me chamaram para fazer a campanha Não Bata, Eduque, eu aceitei. Eu consigo não só me colocar no lugar delas, porque eu vivi isso na minha infância até minha adolescência. Até meus 13 anos de idade, foi a última vez. Pelo fato de eu ser muito grande e chamar a atenção. Eu fui abusada. Eu sei o que uma criança sente. A gente sente vergonha, a gente não quer falar sobre isso. A gente acha que é culpada. Achava que era uma roupa, que chamava a atenção. Não foi uma pessoa. Foram várias pessoas em situações diferentes da minha vida. Eu me sentia mal, me sentia suja, me sentia errada. Se eu não tivesse uma mãe, se não tivesse o amor da minha mãe, eu teria ido embora. Só que eu não falei para a minha mãe, porque eu não tinha coragem de falar, como a maioria das crianças. Eu não me lembro direito. Eu me lembro do cheiro. Tinha cheiro de álcool. Parou aos 13 anos, quando eu consegui fugir. Tem essas coisas que doem. Me dá vontade de vomitar. Eu me lembro que quando isso aconteceu eu não pude fazer nada. Eu não sabia, eu não tinha experiência. Eu tinha medo de falar para o meu pai e ele achar que era eu. Uma das vezes foi com o melhor amigo dele. Eu não podia falar para minha mãe porque uma vez foi o cara que ia casar com a minha avó. Até hoje se você me perguntar porque aconteceu eu ainda acho que foi minha culpa. Mas a criança não tem culpa. Quem faz isso sabe. Eles deveriam ter notado que eu não falava muito porque algo estava acontecendo comigo. Na inocência da minha mãe, ela não reparou. Por que você acha que eu não consigo casar, ficar muito tempo com uma pessoa? Deve ter uma explicação. Quem sabe isso não tem a ver com o que eu vivi? O fato de eu não me achar bonita deve ter ali a ferida. Eu nunca falei assim para ninguém, porque as pessoas vão me olhar diferente ou vão entender da maneira delas. Eu só queria dizer, porque aconteceu comigo. Por que eu não falei? Por que eu não soube dizer não? Talvez eu tivesse que passar por isso tudo para hoje chegar e dizer eu quero lutar por elas [as crianças abusadas]. Eu tenho um sonho de um dia nenhuma criança sofrer nada. Porque criança é um anjo.

Começo da carreira

— Eu sempre gostei de aparecer. Quando eu comecei a fotografar aos 16 anos foi uma coisa estrondosa. Com 16, 17 anos eu já sustentava a minha família. O Maurício Shermann me chamou para trabalhar na televisão. Ele me disse: “Você tem uma coisa de Peter Pan”.

Namoro com Pelé

— Na verdade ele [Pelé] gostou foi da Luiza [Brunet], mas a Luisa era casada [...] Ele mandou flores. Um dia ele me deu um beijo aqui [no nariz]. Me deu um frio na barriga. Eu gostei muito dele. Fiquei seis anos com ele. Aprendi muita coisa boa, muita coisa ruim. Pena que eu era muito nova e ele muito conhecido, bem mais velho, pena que ele não deu valor a isso.

Ayrton Senna

— Quando a gente ficou junto a gente não se largou. Foi um negócio muito doido. Era como se tivesse assim, sabe, uma coisa que encaixa de uma maneira tal? Ele gostava das mesmas coisas que eu gostava. Eu sempre gostei de correr e ele sempre gostou de criança. A gente se completava. A única pessoa que eu pensei realmente em me casar foi com ele. Achei que eu ia reencontrá-lo e a gente ia ficar junto. Ele morreu no domingo. No sábado eu falei, "onde ele vai correr? Eu vou atrás dele". Mas no domingo ele foi embora. A minha alma gêmea estava ali na minha frente. Ele tinha tudo que eu queria. A gente ficou dois anos juntos e, depois que se separou, mais dois anos se vendo. Um dia a gente vai se encontrar de novo.

Falta de liberdade

— Até hoje o preço mais alto é isso. Eu não tenho liberdade para fazer as coisas que eu gostaria de fazer. Eu não me privo de ir ao shopping, de fazer compras, mas é meio que quase um evento. Às vezes eu atrapalho as pessoas, às vezes eu me sinto muito mal com tudo isso. As pessoas que têm a liberdade de ir e vir não podem viver o que eu vivo. Não podem ter o que eu tenho. Isso é o preço alto. Mas eu tenho muita coisa. No dia em que eu sair e uma criança não quiser falar comigo é porque tem alguma coisa errada.
Casamento com Michael Jackson

— A assessoria do Michael Jackson queria que ele casasse e tivesse filhos. Eu estava trabalhando na Espanha e era muito fã dele. E me chamaram. Tirei foto com ele. Ele estava chupando pirulito e eu peguei e levei que nem fã. Depois, eles me chamaram para conhecer Neverland. Ele sabia tudo sobre mim. Vimos filmes juntos. Logo depois veio uma proposta do empresário dele se eu não pensava de repente ficar com ele. Porque ele gostaria de ter filho e casar. Eles acharam muito bom essa coisa de uma apresentadora que trabalhava na América do Sul com crianças... Ele pegava na minha mão e eu chorava. Mas de ídolo para outra coisa era uma coisa muito diferente. Então, não rolou. Minha resposta foi não. Eu fico com uma pessoa pela qual eu me apaixone.

Falta de namorado

— Eu não estou procurando. Mas, às vezes, na boa, corre sangue aqui dentro, e hormônios. São esses hormônios que matam a gente. Pensei que aos 50 eu estaria calminha. Que nada! Faz falta. Em quatro paredes eu dependo muito do cara. Quando chega só ele e eu aí não penso em mais nada. Não penso em trabalho, não penso em ninguém. É só aquele momento. As poucas pessoas que me conhecem dizem “nossa, eu não achava que você era assim”. Será que os caras acham que eu [na hora H vou cantar] “Tá na hora de brincar... Bom estar com você, brincar com você” [risos].

Velhice

— Eu não sou o tipo de beleza que eu gosto. O tempo, para a gente que trabalha na TV, é cruel. Eu canso de falar, "nossa, como ela era linda e olha como ela está agora". As coisas caem, descem. Às vezes dá vontade de puxar um pouquinho. A TV agora mostra os poros, os detalhes, aí fica todo mundo com a mesma cara de tamanco. E eu não quero ter essa cara de tamanco. Vou ficar velhinha e todo mundo vai dizer “como ela era e olha como ela ficou”.

Fonte: R7 

,

Um dia após o IPO, Zuckerberg se casa com a namorada

CEO casou-se com a namorada Priscilla Chan.
Ações do Facebook começaram a ser vendidas na sexta-feira (18).

Um dia depois da estreia da companhia que fundou na bolsa de valores de Nova York, Mark Zuckerberg casou-se com a namorada Priscilla Chan. O executivo publicou uma foto da cerimônia no Facebook.


Na última sexta-feira (18), o Facebook começou a ter suas ações negociadas na Nasdaq. Na abertura dos negócios, o fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, postou em sua página na rede social: "Mark Zuckerberg listou uma empresa na NASDAQ. — com Chris Cox e outras 4 pessoas". Ele "tocou a campainha" que deu início às vendas das ações diretamente dos escritórios da empresa, na Califórnia.


As ações do Facebook fecharam o primeiro valendo US$ 38,23, segundo informações da Nasdaq. O valor representa uma variação de 0,6% em relação ao preço inicial proposto pela empresa (US$ 38).
Logo após a abertura dos negócios, os papéis chegaram a ser negociados por até US$ 43, uma valorização de 12%.
O Facebook apresentou seus documentos para realizar o IPO ao órgão regulador dos mercados norte-americano no início de fevereiro. A faixa de preço inicial de ações estimada pela companhia foi de US$ 28 a US$ 35, mas o valor acabou aumentando para uma faixa de US$ 34 a US$ 38 e estabelecido no número mais alto. Nesta semana, a empresa também anunciou que oferecerá 25% a mais de ações do que havia previsto.
Entre as instituições envolvidas na oferta do Facebook estão Morgan Stanley, JP Morgan, Goldman Sachs, Bank of America, Barclays e Allen & Co. O banco de investimentos brasileiro Itaú BBA também está entre os coordenadores da oferta pública inicial do Facebook.

,

Polícia Civil prende líder de assaltantes de banco em São Miguel do Guamá.

"Antônio do Benguí"
Policiais civis da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), sob comando dos delegados Ivanildo Santos e Samuelson Igaki, prenderam ontem, por volta de 23 horas, em São Miguel do Guamá, nordeste do Estado, Antônio Cézar Pinto de Lima, 33 anos, conhecido pelos apelidos de “Antônio do Benguí” ou “Molequinho”. Ele é apontado como o líder de uma quadrilha de assaltantes de banco na modalidade conhecida por “sapatinho”.
Pelo menos, três roubos nessa modalidade, registrados entre agosto do ano passado e março deste ano, no interior do Estado, teriam sido comandados pelo indiciado. De acordo com o delegado Samuelson Igaki, titular da Delegacia de Repressão a Roubos a Bancos (DRRB), unidade vinculada à DRCO, Antônio Lima foi abordado pela equipe policial, em via pública, após sair de uma casa ao lado da namorada para lanchar.
Conforme o policial civil, “Antônio do Benguí”, como é mais conhecido por ter nascido e crescido nesse populoso bairro de Belém, começou a vida criminosa em 2004, quando foi preso pela primeira vez por participação no assalto a um caminhão de distribuição de cigarros da marca “Souza Cruz”, em Belém. Ele cumpriu três meses de prisão e foi liberado. Em 2006, ele novamente foi preso por assalto, passando mais três meses preso. No ano de 2009, Antônio Lima foi preso outra vez, agora, por participação em assalto a banco, na modalidade “sapatinho”, aquela em que os bandidos fazem reféns familiares do funcionário de uma agência bancária para obrigá-lo a entregar o dinheiro no banco.
Segundo o delegado Samuelson Igaki, o acusado é apontado como o líder dos assaltos a banco, registrados em agosto de 2011, em Santa Izabel do Pará; em dezembro de 2011, em Moju, e em março deste ano, em Salinópolis. As investigações mostram ainda que ele integrava o bando de assaltantes que era comandado pelo bandido conhecido por “Mano”. Após a prisão do bandido, que está recolhido no Sistema Penitenciário do Estado, ele passou a liderar a quadrilha. As investigações prosseguem para prender outros envolvidos no bando.

Fonte: Policia Civil do Pará

,

Prefeita de São Miguel do Guamá é vaiada

Foto: Adenor Pantoja / Base: O Povo
A prefeita do município de São Miguel do Guamá, Márcia Cavalcante (PSD), foi vaiada nesta ultima, quinta-feira, 17, pela população.
Márcia Cavalcante, que tem realizado uma administração desastrosa, levou uma sonora vaia do povo. A população ficou revoltada com a gestora - sabe-se lá porque - e começou a disparar várias críticas contra a prefeita.
Com o título “A hora da estrela”, o blogueiro Esmael Teixeira, editor do chefe do blog, comenta vaias disparadas contra a prefeita Márcia Cavalcante (PSD) durante a noite temática do amigo da escola.
Para quem vive o mundo da política, os anos eleitorais nunca são lá dos mais fáceis. A julgar pelas festividades com grande público, porém, será um tanto mais delicado para a nossa prefeita, Márcia Cavalcante. A enxurrada de vaias que lhe atravessou quando estava na noite (17) temática dos amigos da escola, na Pio XII, é sinal de preocupação. Márcia corre o risco de perder para ela mesma a disputa de outubro próximo.
Ao encerrar seu “primeiro mandato”, a prefeita tem o desafio – hercúleo – de conseguir projetar suas ações positivas frente aos equívocos que também não são poucos em sua gestão. É que o eleitorado é cruel. Quem vaiou Márcia no evento da Pio XII, por exemplo, não entende aquela ação, aquele evento, como política pública (ironia), já que foi organizado pelo terceiro setor.

Fonte: Blog do Esmael Teixeira

,

Operação reprime crime de violação de Direito Autoral em Salvaterra

Flagrados com as mídias ilegais
A Polícia Civil de Salvaterra, no arquipélago do Marajó, em operação policial para coibir a pirataria de mídias no município, flagrou três pessoas, nesta sexta-feira, 18, exercendo a venda desses produtos em dois "boxes" na Feira Municipal.
José Kleberson Gomes dos Santos, Antônio Roberto Santos Modesto e Maria do Livramento Pastana Diniz foram flagrados enquanto comercializavam as mídias reproduzidas ilegalmente.
Com eles, cerca de 2 mil DVD´s e CD´s denominados popularmente como “piratas”, foram apreendidos. Durante interrogatório, eles confessaram que trouxeram a mercadoria de Belém.
Ao final da operação, o delegado Victor Manfrini, titular da Delegacia de Salvaterra, autuou os três indiciados no artigo 184, parágrafo 2.º, do Código Penal.
Ainda, segundo o delegado, o flagrante foi comunicado ao Poder Judiciário.
Todos estão recolhidos na carceragem da Delegacia local à disposição da Justiça onde permanecerão até o recolhimento do valor da fiança. 
O delegado salientou que as investigações visam coibir a comercialização de "mídias piratas" na Ilha do Marajó, pois o dinheiro desse comércio clandestino fortalece o tráfico de drogas e de armas.

Criado em © 2011
Desenvolvido por. Bruno Tavares | brunoperfectt@live.com

Twitter