• Clique Aqui
  • Clique Aqui

Archive for Fevereiro 2013

,

Preso bando que pretendia assaltar correios















Uma operação conjunta de policiais civis da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) e do Núcleo de Inteligência Policial, por meio do NAI (Núcleo de Apoio à Investigação) da Regional do Baixo-Tocantins, resultou, nesta quinta-feira, 28, na prisão em flagrante de uma quadrilha de assaltantes, que pretendia sequestrar a família do gerente dos Correios, em São Caetano de Odivelas, nordeste do Pará. O crime, conhecido como “sapatinho”, iria ocorreu durante a madrugada, mas foi impedido pela Polícia Civil, que já investigava a ação do bando. Em poder do grupo, no interior de um táxi, foram encontradas duas armas de fogo – uma pistola calibre 9mm e outra calibre .40, com numeração de série raspada; munição; quatro chaves de fenda e uma chave de pressão, que seriam usadas para arrombar o cofre; cinco telefones celulares; mochilas e uma jaqueta vermelha do clube espanhol “Barcelona”.
O delegado Ivanildo Santos, diretor da DRCO, informa que as investigações duraram seis meses. O terabalho contou com apoio do Núcleo de Inteligência Policial, da Polícia Civil. As informações levantadas davam conta da ação de uma quadrilha que planejava assaltar a agência dos Correios, nesta semana, pois, no cofre, estariam mais de R$ 100 mil para pagamento de aposentadorias na cidade. No momento da abordagem do bando, os acusados estavam no interior do táxi bem em frente à casa do gerente agência dos Correios. A quadrilha iria invadir o imóvel, onde renderia a família da vítima e manteria reféns duas crianças, de 5 e 7 anos, filhas do gerente, para obrigá-lo a liberar a entrada da agência. Com uso de ferramentas, os criminosos iriam arrombar o cofre para retirar o dinheiro.
Os presos são o taxista Gledson Vitório Pereira do Rosário, 25 anos; Josebson dos Santos Delgado, 23, de apelido “Tatu”; Michel da Silva Cruz, 31, de apelido “Tchuck”; Isaías Ferreira da Costa, 28; Warley dos Reis de Souza, 20, e Elana Santos de Souza, 19, conhecida por “Dani”. O líder do bando identificado nas investigações é o presidiário Erenildo Nunes de Sousa, de apelido “Lico”, que, por meio de telefone celular, coordenava o tráfico de drogas e os crimes cometidos pelos assaltantes. Recolhido no CRPP1 (Centro de Recuperação Penitenciário do Pará I), no Complexo Penitenciário de Americano, “Lico” responde por roubo. Ele ainda responde a outros processos por crimes de tráfico de drogas e homicídios.
Conforme o delegado, por morar perto da casa do gerente, “Dani” fez todo levantamento sobre a vida da vítima e repassou as informações aos comparsas. “Eles tinham informações privilegiadas sobre quantas pessoas moravam na casa, quantos filhos e sobre os passos do gerente, e ainda sobre a existência de dinheiro na agência”, explica Ivanildo Santos. “Dani” é filha de um presidiário que também está no Complexo Penitenciário de Americano. O delegado McDowell Fortes, titular do NAI do Baixo-Tocantins, explica que a quadrilha é especializada em assaltos a banco, empresários e residências, na região nordeste do Pará, e pratica tráfico de drogas, na região do Baixo-Tocantins.
Com o dinheiro levantado com a venda de drogas, os criminosos financiam a logística para realização de assaltos. Os valores obtidos nos roubos também são usados para bancar o tráfico de drogas. Os presos vão responder pela tentativa de sequestro do gerente, formação de quadrilha e porte ilegal de armas de fogo. Ao final do procedimento de flagrante, todos ficaram de ser levados para a Central de Triagem, no Complexo Penitenciário de Americano, em Santa Izabel do Pará.

Fonte: Policia Civil 

,

Flagrado com arma ilegal é reconhecido por roubo de moto em São Miguel

Jonas (acima) e Diego abaixo. Ao lado, arma e moto apreendidas


Uma abordagem da Polícia Militar na cidade de São Miguel do Guamá, nordeste do Pará, resultou na prisão em flagrante de Jonas Cruz Santos, de 21 anos, que estava de posse de uma arma de fogo ilegal e na recuperação de uma motocicleta roubada. Jonas foi preso nesta quarta-feira, 27, no interior um veículo de transporte alternativo de passageiros no momento em que deixava o município com destino à cidade de Castanhal, onde a motocicleta foi roubada no dia anterior. O veículo foi recuperado pela guarnição da PM, no bairro das Palmeiras, em São Miguel do Guamá, após ser abandonado por dois homens, em frente a uma casa. Os dois suspeitos fugiram por dentro de um matagal após serem persrguidos pelos policiais militares.
Segundo o delegado Ronaldo Lopes, titular da Delegacia de São Miguel do Guamá, os policiais militares, no dia de ontem, receberam informações de que uma motocicleta roubada, em Castanhal, trafegava na cidade. Assim, sob comando do cabo Gomes, os policiais fizeram buscas e localizaram o veículo, porém os ocupantes conseguiram fugir. Nesta quarta-feira, uma nova informação dava conta de que um dos autores do roubo da motocicleta estava dentro de uma van, veículo de transporte alternativo, em fuga. Os policiais militares abordaram a van, em via pública no centro da cidade, e flagraram Jonas Santos, que viajava como passageiro, armado com um revólver calibre 38 com quatro munições intactas.
O acusado foi levado até a Seccional Urbana de Castanhal, onde foi reconhecido como um dos autores do roubo da motocicleta. O comparsa dele foi identificado depois como o bandido conhecido como "Diego Monstro", que já é conhecido da Polícia por envolvimento em outros crimes na região. Jonas foi autuado em flagrante pelo crime de roubo de motocicleta e por porte ilegal de arma de fogo. Ao ser revistado, o acusado estava com um telefone celular roubado do dono da motocicleta durante o assalto em Castanhal. O delegado pede à sociedade não só de São Miguel do Guamá como de toda região que ligue para o fone 181, o Disque-Denúncia, para informar o paradeiro de "Diego Monstro", cujo nome é Antônio Diego Rodrigues Chaves, que já é foragido do Presídio Regional de Paragominas.

Fonte: Policia Civil

,

Tiririca grava CD em que conta sua experiência como deputado


Parlamentar mostrou na Câmara CD intitulado 'Tiririca - Direto de Brasília'.
Uma das faixas é 'Estou no Poder', que ele classifica como um 'desabafo'.


Eleito deputado federal com uma votação recorde em 2010, o palhaço Tiririca (PR-SP) gravou um CD no qual conta sua experiência como parlamentar. Intitulado “Tiririca – Direto de Brasília”, o disco tem 13 faixas, das quais uma se chama “Estou no Poder” 

Segundo o deputado, a música é um "desabafo" em razão das críticas que recebeu ao ser eleito, motivadas, especialmente, por acusações de que era analfabeto. O parlamentar correu o risco de não tomar posse por conta de denúncias de que ele não sabia ler nem escrever.

Um dos trechos da música diz que muitas pessoas fizeram “fofocas”, afirmando que ele não sabia ler.
“Eu cheguei no poder; todo mundo está vendo; eu cheguei no poder e agora estou podendo; me criticaram bastante, disseram que eu não sabia ler; fizeram muitas fofocas, que eu não sabia escrever; fiz o teste, passei e todo mundo viu; e os que me criticaram vão para...”, canta Tiririca na música.

O álbum é o sexto CD de Tiririca, artista que ficou famoso no país inteiro com o hit “Florentina”. Segundo o deputado, a maioria das músicas do novo disco é de sua autoria.
Nesta terça (26), Tiririca foi tema de reportagem publicada na versão online do jornal “Financial Times”, um dos periódicos mais prestigiados do mundo.
Com o título de “Palhaço político do Brasil perde seu sorriso”, a reportagem resgatou a trajetória do humorista brasileiro e sua imersão no cenário político, nos últimos dois anos.
Segundo a publicação, Tiririca se decepcionou com a política e, desde que foi eleito, “perdeu seu sorriso”. O palhaço que virou deputado com 1,3 milhão de votos afirmou ao diário inglês que não pretende disputar a reeleição no ano que vem.
Na manhã desta terça, Tiririca visitou o comitê de imprensa da Câmara dos Deputados. Na conversa com os jornalistas, ele brincou, contou piadas e dançou ao ritmo de sua nova música.
Apesar de ter decidido deixar a vida política assim que concluir o mandato, o deputado do PR afirmou que guardará boas memórias da experiência no Congresso Nacional.
“Isso aqui é uma experiência para mim muito bacana. Saindo daqui (da Câmara), jamais vou falar alguma coisa de mal ou ruim dos colegas deputados. Eu não vou brincar. Material até tem aqui dentro se você quiser fazer humor. Foi uma experiência boa, legal”, contou o parlamentar.
Tiririca disse que nunca sofreu discriminação ou preconceito dos congressistas. "Pelo contrário", afirmou. De acordo com o humorista, ele, inclusive, é assediado pelos colegas de Legislativo. Ele contou que já deu autógrafos para deputados, filhos de parlamentares e assessores.
Fonte: G1



,

Preso em flagrante com drogas e moto roubada em São Miguel do Guamá



Policiais militares prenderam em flagrante, por tráfico de drogas, Jeferson Lima Monteiro, 24 anos, com quem foi apreendida pasta de cocaína. A droga estava na casa do acusado, na Rua Arquimedes Ataídes, bairro Perpétuo Socorro, em São Miguel do Pará, nordeste do Estado. O acusado foi apresentado na Delegacia da Polícia Civil para lavratura do procedimento de flagrante. Sob comando do cabo Jota Costa,  após monitoramento do acusado. Na casa dele, além da droga, foi encontrada uma motocicleta que apresenta registro de boletim de ocorrência de roubo na cidade de Castanhal. Junto com a autuação por tráfico de drogas, Jeferson foi indiciado em inquérito policial para apurar o crime de receptação da motocicleta.
Em depoimento ao delegado Ronaldo Lopes, o indiciado alegou ter comprado a motocicleta por R$ 3,5 mil de um homem, cujo nome e endereço afirma desconhecer. Conforme o delegado, Jeferson é sobrinho de uma mulher, conhecida como Maria Antônia, presa em flagrante, por tráfico de drogas, durante a operação "Arcanjo", que resultou nas prisões de 23 acusados do crime na cidade durante o mês passado. Jeferson já havia sido preso anteriormente, no ano de 2010, em São Miguel do Guamá, por envolvimento no roubo ao Posto dos Correios de São Miguel do Guamá. Ele permanece recolhido na unidade policial à disposição da Justiça.
Fonte: Policia Civil do Pará 

,

Sonnen ataca Lyoto: "ele não atrai nem moscas"


A segunda e humilhante derrota para Anderson Silva, há quase um ano, parece não ter deixado lição alguma para o falastrão Chael Sonnen. Depois de disparar críticas contra o Brasil  e sua população, o norte-americano voltou a atacar um lutador brasileiro. Agora, o alvo foi o baiano radicado no Pará, Lyoto Machida, que vai disputar o cinturão dos meio-pesados do Ultimate Fighting Championship (UFC) contra o vencedor do UFC 159, entre Jon Jones e Sonnen, marcado para o dia 27 de abril.
Primeiro, Sonnen apostou com Rashad Evans que se Dan Henderson perdesse para Machida, em luta que já aconteceu na madrugada do último domingo (24), ele lamberia a sola do sapato de Evans. Depois de pagar a aposta, não satisfeito, Sonnen prometeu ainda que se passar por Jones, no dia 27 de abril, ele não quer enfrentar Machida. “Nem eu nem Jones queremos lutar com ele. Ele não atrai nem moscas. Lyoto Machida foi vaiado na luta contra Dan Henderson e contra Ryan Bader. Não dá para lotar uma arena ou vender pay per view contra ele”, disparou.
Depois de ter criticado o estilo de luta do brasileiro, Sonnen também atacou os dois lutadores europeus dos meio-pesados que se enfrentam em abril. “Alexander Gustafsson e Gegard Mousasi, lutem e eu enfrento o vencedor de vocês”, afirmou.
Sonnen só se esqueceu de que antes de pensar na próxima luta, ele tem um desafio contra Jon Jones, atual dono do cinturão dos meio-pesados, no duelo que vai marcar o confronto entre os treinadores da 17ª temporada do The Ultimate Fighter.
(DOL)

,

Homem é flagrado espancando mulher na BR-316













Um homem foi flagrado espancando uma mulher de 39 anos, na noite deste domingo (24), no quilômetro 20 da rodovia BR-316, no município de Benevides, durante fiscalização do Grupo de Patrulhamento Tático (GPT), da Polícia Rodoviária Federal (PRF).
O flagrante ocorreu por volta das 22h30 quando os agentes avistaram um homem agredindo uma mulher com socos e chutes às margens da rodovia. Durante a abordagem, os agentes da PRF observaram visíveis sinais de embriagues em Alex José Passínio Rodrigues, que não portava documento nenhum documento de identificação. Ele estava agredindo Lenita de Jesus Souza, 39 anos, que também apresentava sintomas de embriaguez alcoólica e também não portava documento de identidade.
Lenita Souza estava com várias lesões e hematomas pelo corpo e principalmente no rosto e declarou para os agentes da PRF, que Alex Rodrigues era seu companheiro há 3 anos, e no momento da agressão falava que iria matá-la, tentando jogá-la na frente de uma carreta que transitava na BR-316 e que não era a primeira vez que ele a agredia.
Confirmado a agressão física, foi dado voz de prisão ao homem e encaminhado a Delegacia de Policia Civil de Benevides, para os devidos procedimentos penais.
(DOL)

,

Último 'Crepúsculo' é o vencedor do prêmio de pior filme


'Amanhecer - Parte 2', último filme da saga de Bella (Kristen Stewart) e Edward (Robert Pattinson), venceu sete das 11 indicações do Framboesa de Ouro



O último filme da saga Crepúsculo, Amanhecer - Parte 2, foi o grande vencedor da 33ª edição do Framboesa de Ouro, premiação irônica que elege as piores produções do ano. Das onze indicações, o longa venceu em sete: piores filme, atriz (para Kristen Stewart), ator coadjuvante (Taylor Lautner), elenco, casal para Mackenzie Foy e Taylor Lautner, sequência e roteiro.
O romance vampiresco teve como principal concorrente o filme Este É o Meu Garoto com Adam Sandler, que levou a Framboesa de Ouro de pior ator. Sandler bateu o recorde da premiação no ano passado, quando o filme protagonizado por ele Cada Um Tem a Gêmea que Merece venceu em dez categorias. 
A cantora Rihanna também foi premiada como pior atriz coadjuvante por papel em Battleship - A Batalha dos Mares. 
O Framboesa de Ouro anuncia seus vencedores um dia antes da cerimônia do Oscar e representa uma espécie de sátira ao glamour de Hollywood. 
Veja a lista completa dos vencedores
PIOR FILME
Crepúsculo: Amanhecer - Parte 2
PIOR ATOR
Adam Sandler por Este É o meu Garoto
PIOR ATRIZ
Kristen Stewart por Crepúsculo: Amanhecer- Parte 2 e A Branca de Neve e o Caçador
PIOR ATOR COADJUVANTE
Taylor Lautner por Crepúsculo: Amanhecer - Parte 2
PIOR ATRIZ COADJUVANTE
Rihanna por Battleship - A Batalha dos Mares
PIOR ELENCO
Crepúsculo: Amanhecer - Parte 2
PIOR DIRETOR
Bill Condon por Crepúsculo: Amanhecer- Parte 2
PIOR SEQUÊNCIA
Crepúsculo: Amanhecer- Parte 2
PIOR CASAL
Mackenzie Foy e Taylos Lautner por Crepúsculo: Amanhecer- Parte 2
PIOR ROTEIRO
David Caspe por Esté É o meu Garoto

,

Dois são baleados após tentativa de assalto


Na tarde deste domingo (24), dois homens foram baleados após tentar assaltar a casa de um policial militar, na travessa Angustura, entre avenida Marques de Herval e Antônio Everdosa, no bairro da Pedreira, em Belém.
Os assaltantes chegaram em uma moto amarela e entraram na residência do PM, que reagiu ao assalto. Mesmo baleados, os assaltantes tentaram fugir do local.
Um dos assaltantes, que não teve o nome divulgado, foi atingido na perna e caiu na travessa Angustura, próximo à Marques. O outro, identificado apenas como Bruno, foi atingido no braço e fugiu do local. Porém, através de denúncias anônimas, uma guarnição da PM o recapturou em uma vila residencial na travessa Visconde de Inhaúma. 
Os assaltantes foram encaminhados para o Pronto Socorro da 14 de Março.
(DOL)

,

Após vitória, Lyoto diz que segue na divisão e espera por Jones ou Sonnen


Brasileiro chegou a pensar em lutar nos médios, mas agora tem promessa de disputar o cinturão nos meio-pesados contra o vencedor da luta de abril


Lyoto Machida disse durante a semana que poderia descer para o peso-médio em busca de grandes lutas, mas ouviu de Dana White durante entrevista coletiva na quinta-feira que o vencedor da luta do brasileiro contra Dan Henderson disputaria o título dos meio-pesados. Lyoto derrotou o americano neste sábado, em Anaheim (EUA), e com isso se tornou o desafiante número 1. Ele agora espera pelo duelo entre Jon Jones e Chael Sonnen, que se enfrentam no dia 27 de abril, para saber quem será o campeão que irá enfrentá-lo. Tudo isso fez o baiano esquecer momentaneamente a ideia de baixar de peso.
- Agora vou ficar nos meio-pesados, quero essa luta pelo cinturão. Primeiro tenho que ver a luta entre Sonnen e Jones, e então vamos ver o que acontece - disse Lyoto durante entrevista coletiva após o UFC 157.

Lyoto Machida já enfrentou Jon Jones em uma disputa de cinturão. O brasileiro desafiou o campeão em dezembro de 2011 e acabou finalizado com uma guilhotina no segundo round. Um possível duelo contra Chael Sonnen seria uma novidade, já que ambos jamais se enfrentaram.

,

Denúncia anônima leva a flagrante de tráfico em Santa Maria do Pará

Eduardo Alencar flagrado com drogas e dinheiro


Investigações realizadas pela equipe de policiais civis da Delegacia de Santa Maria do Pará, nordeste do Estado, levaram à prisão em flagrante de Eduardo Silva de Alencar, de apelido “Dudu”, acusado de ser responsável por um esquema de tráfico de drogas no município. Ele vendia drogas, do tipo pasta de cocaína, na praça central do bairro Barrolândia. O flgrante resultou de denúncia anônima sobre a prática criminosa de venda de drogas na praça.
Diante da informação, a equipe de policiais civis foi até o local, onde fizeram uma vigilância até conseguir flagrar o acusado com 24 "trouxas" de pasta de cocaína. Cada "trouxa" era revendida por R$ 10. Toda a operação policial foi coordenada pelo delegado Augusto Damasceno, conforme determinação do delegado-geral Rilmar Firmino, para que intensificação do combate ao tráfico de drogas na região do Salgado.

,

Polícia Civil desarticula bando responsável por nova modalidade de crime tecnológico





Uma prática criminosa até então desconhecida no Brasil foi desarticulada, nesta segunda-feira, 18, pela Polícia Civil  do Pará. Cinco pessoas – quatro homens e uma mulher – foram presos, em Belém, por envolvimento em uma quadrilha responsável por uma nova modalidade de furto de dinheiro de caixas eletrônicos, que teve como alvo agências bancárias, em cinco Estados brasileiros, com uso de recursos tecnológicos. Eles obtinham a senha que abrir os compartimentos dos caixas e conseguiam retirar o dinheiro.
Apenas na capital do Rio de Janeiro, a ação criminosa rendeu para o bando mais de meio milhão de reais. Os presos - Marco Antônio Silveira Félix, de apelido “Gordo”, líder do grupo; a namorada dele, Heury Meury Sousa dos Santos; Rechalbe Rodrigues Martins; Luiz Felipe Silva de Jesus e Moisés Silva do Nascimento – foram presos, por volta de 12h30, desta segunda-feira, no interior de um hotel de luxo, na Avenida Braz de Aguiar, bairro de Nazaré, centro da capital. Com eles, foram encontrados diversos objetos tecnológicos usados na prática de abertura de caixas eletrônicos visando a subtração de dinheiro. Dos acusados, a mulher é paranse, mas mora em Recife (PE), há cinco anos, onde conheceu Marco Antônio. Os demais presos são paulistas.
A apresentação dos presos foi presidida pelo delegado-geral da Polícia Civil, Rilmar Firmino, e pelo delegado João Bosco Rodrigues, diretor de Polícia Especializada. As investigações foram realizadas pela equipe da DRCT (Delegacia de Repressão a Crimes Tecnológicos), sob comando da delegada Beatriz Silveira, e apoio operacional coordenado pelos delegados Samuelson Igaki e Marcos Miléo. Eles são apontados como integrantes de uma quadrilha interestadual responsável por furtos de valores em caixas eletrônicos, na modalidade de abertura de caixa eletrônico. Usando a senha de colaboradores da instituição financeira, eles entravam na área dos caixas eletrônicos, onde, para não serem identificados pelo sistema de alarme, acessavam a parte de trás do caixa eletrônico usando uma manta térmica, pois o utensílio não é detectado pelos sensores dos alarmes do banco. Ali, os bandidos instalavam um dispositivo conhecido popularmente como “chupa-cabras”, no “dial” onde é digitada a senha do funcionário para abrir o caixa eletrônico. Após a instalação do equipamento, com um computador portátil, os golpistas capturavam a senha digitada pelo funcionário para abrir o caixa. Depois, à noite, os criminosos retornavam e acessavam a parte de trás do caixa eletrônico. Com a senha capturada pelo artefato, os golpistas abriam os caixas eletrônicos e furtavam o dinheiro ali existente.
Imagens da ação do bando

Nas investigações, a equipe policial da DRCT recebeu diversas fotos do circuito de câmeras de segurança de instituições bancárias mostrando a atuação do bando nos Estados de Alagoas, Pernambuco, São Paulo, Ceará e Rio de Janeiro. Apenas na capital carioca, foram substraídos R$ 540 mil. Com base nas informações, a delegada Beatriz Silveira, titular da DRCT, representou  com os pedidos de mandados de prisão temporária e de busca e apreensão dos acusados, cujas ordens judiciais foram expedidas pelo juiz de Direito, Pedro Sotero, da 1ª Vara de Inquéritos Policiais e Medidas Cautelares, do TJ do Pará.
Para cumprir os mandados judiciais, nesta segunda-feira, a equipe da DRCT contou com apoio de policiais civis do GPE (Grupo de Pronto-Emprego), para localizar o bando hospedado em um hotel de luxo, em Belém. Durante as investigações, a DRCT acompanhou a movimentação da quadrilha na capital paraense, onde os criminosos percorreram diversas agências bancárias, provavelmente, para cometer o crime. “Eles foram presos antes de cometer novamente os crimes em Belém”, salientou a delegada.
Com os presos, foram apreendidos dois aparelhos conhecidos como “chupa-cabras”, formados por teclado numérico do cofre do caixa eletrônico em formato de cilindro usado para capturar a senha; uma manta metálica usada para burlar o sistema de alarme e infravermelho dos bancos; um transmissor tipo “bluetooth” com antena de longo alcance; três computadores portáteis, dos tipos “notebook” e dois “netbooks”; dois rolos de fita dupla face usados para colar os “chupa-cabras” nos caixas eletrônicos e ferramentas como serra de metal, alicate, chaves de fenda, carregadores e fontes. Segundo o delegado-geral Rilmar Firmino, foi a primeira vez que tal prática criminosa foi registrada no Brasil. Ele ressalta que, para executar a atividade criminosa, é preciso ter um alto conhecimento técnico. Ainda, segundo a delegada Beatriz Silveira, Heury Meury atuava como a guia do bando em Belém. Com eles, um carro Gol foi apreendido. Os presos estão indiciados pelos crime de tentativa de furto mediante fraude, formação de quadrilha e falsa identidade.

,

Almir Gabriel deixa legado de obras


O Governo do Pará decretou, nesta terça-feira (19) luto oficial de sete dias por conta do falecimento do ex-governador Almir Gabriel. O político deixa um legado de forte relevância para o desenvolvimento do Estado. Projetos Tramoeste e Luz no Campo; novo aeroporto internacional de Belém; reformulação da orla do Maçarico (Salinópolis); reforma e construção de 900 escolas; conclusão do Hospital de Clínicas; interiorização da Universidade do Estado do Pará (Uepa) e da Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa) estão entre as obras realizadas durante seus dois governos.
Foi durante sua gestão também que foram abertos e asfaltados mais de quatro mil quilômetros de estradas troncais e 20 mil quilômetros de estradas vicinais; o projeto Feliz Lusitânia, que mudou apaisagem do centro histórico de Belém; a Macrodrenagem da Bacia do Una; recuperação do Forte do Presépio e da Santa Casa; construção da Estação das Docas, do Planetário do Pará, doEstádio  Olímpico do Pará, do Parque da Residência e da Alça Viária.
INÍCIO
Aos 17 anos, com a perda do pai, Almir passou a dividir as horas de aula e os deveres de classe com o balcão da loja dele, em Castanhal. Àquela altura, já era um dedicado estudante de medicina da Universidade Federal do Pará (UFPA), onde se formaria anos mais tarde. Tornou-se cirurgião dos mais respeitados e compromissado servidor público da saúde.
Foi diretor do hospital Barros Barreto e também atuou na Divisão Nacional de Pneumologia Sanitária do Ministério da Saúde. Um dos fundadores do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB),foi secretário de Saúde e, depois, de Segurança no segundo governo Alacid Nunes. Foi prefeito de Belém, senador constituinte da república, candidato a vice-presidente do Brasil, e, por duas vezes consecutivas, governador do Estado (entre os anos de 1995 e 2002).
Sem mandato político há seis anos e filiado ao Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), Almir Gabril vinha enfrentando diversas internações médicas nos últimos meses. Um dos seus últimos atos, no início deste ano, ainda em casa, onde gostava de cultivar flores – especialmente as orquídeas –, ocorreu um reencontro com o atual governador, Simão Jatene, amigo de longa data.
Dias antes, Almir havia recebido, também em casa, o atual prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho. Na ocasião, fotos publicadas na internet chamaram a atenção do público para a aparência do ex-governador, que mostrou-se muito magro e abatido. Casado com Raquel Gabriel, Almir deixa os filhos Almir José, Haifa, Sâmia e Marcelo, frutos do primeiro relacionamento com Socorro Gabriel.
(Agência Pará)

,

CONVITE


,

Polícia Civil investiga extração ilegal de seixo e areia em Ourém

Fiscalização apura crime ambiental

A Polícia Civil, por meio da Divisão Especializada em Meio-Ambiente (DEMA), abriu inquérito para investigar a extração ilegal de seixo e areia, em uma área na zona rural do município de Ourém, região Bragantina, nordeste do Pará. No último dia 5, uma operação foi realizada, sob comando do delegado Marcos Antônio de Queiroz Lemos, da DEMA, para apurar a denúncia do crime ambiental. Estiveram presentes policiais civis da DEMA; fiscais da Secretaria de Estado de Meio-Ambiente (SEMA) e peritos do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves. O local de extração está situado na Estrada do Tupinambá, localidade de Furo Novo, comunidade do KM-06, em Ourém. A área passou por Perícia Técnica de Constatação de Dano Ambiental em área de lavra de minérios. Quatro depoimentos já foram tomados sobre o caso. Em dois deles, os lavradores Antônio Edmilson Ferreira da Silva, 43 anos, e João Batista de Andrade, 61, ambos trabalhadores rurais assentados na comunidade de Furo Novo, em Ourém, relataram os prejuízos ambientais causados pela extração ilegal na região. Antônio relatou ter visto uma coloração branca, no final de janeiro deste ano, quando iria tomar banho no igarapé que leva o mesmo nome da comunidade. Segundo ele, a água apresenta ainda cheiro e manchas de óleo combustível.
No dia seguinte, o lavrador foi até a Secretaria Municipal de Meio-Ambiente, em Ourém, onde denunciou o possível crime ambiental. Uma equipe da Secretaria foi ao local e constatou os fatos descritos por Antônio. Conforme ela, a situação permaneceu por mais de 24 horas, trazendo prejuízo aos 500 moradores da comunidade, que não puderam usufruir da água. Ele conta que procurou, por conta própria, apurar a causa do problema até descobrir a abertura de um dos açudes próximo ao igarapé Furo Novo que estava interligado aos demais açudes, fazendo com que a água acumulada neles saísse e fosse despejada no igarapé Furo Novo. Segundo soube o lavrador, os açudes foram formados pela extração de seixo, na área de uma seixeira instalada na Estrada do Tupinambá, na Vila do Furo Novo, em área sob responsabilidade do senhor conhecido como “Zequinha Dantas”, antigo responsável pela seixeira, que foi arrendada para outra pessoa, cujo nome desconhece. O outro assentado, João Batista, confirmou também ter visto o igarapé Furo Novo com as águas poluídas, cheiro e manchas de óleo. Ele relatou que os moradores da comunidade tiveram prejuízos, pois a água do igarapé é usada para atender as necessidades da comunidade, como beber, lavar, tomar banho e cozinhar.
Agentes percorrem área degradada

MAIS DEPOIMENTOS Duas pessoas suspeitas de envolvimento na extração ilegal de seixo e areia foram ouvidas e negaram envolvimento no crime. Uma delas, o autônomo Luís Gonzaga de Jesus Junior, 31 anos, alega ter trabalhado, entre 2008 e 2011, para o suposto responsável pela extração de produtos minerais da área, identificado como José Carlos de Farias, sócio da empresa Mineração Z. Dantas, onde atuou como gerente. “Eu era o responsável pelos requerimentos de licenciamento para a lavra de seixo e areia junto à Prefeitura Municipal de Ourém”, afirma. Disse ainda que, na época, tratou de dois processos relativos às áreas localizadas na Estrada do Tupinambá, zona rural de Ourém. Na época, José Carlos teria lhe solicitado que emprestasse seu nome, por ser empregado da empresa, para constar como proprietário de uma área de três hectares, na estrada do Tupinambá, na localidade de Furo Novo, à altura do KM-06, zona rural do município. O terreno, de 250 x 700 metros, teria sido adquirido de um homem de nome Ananias Paulino da Silva, por R$ 20 mil, para a extração e comercialização de seixo e areia. “Fiquei como responsável pelos processos de licenciamento junto à Prefeitura de Ourém, ao DNPM (Departamento Nacional de Produção Mineral) e SEMA (Secretado de Estado de Meio-Ambiente)”, ressalta Luís. 
Ainda, de acordo com o autônomo, ficou acertado, na época, com José Carlos de Farias, que depois de obtidas as licenças e efetuados os registros nos órgãos, seria retirado o nome do depoente de todos os procedimentos, o que, segundo o depoente, não ocorreu. “José Carlos de Farias vendeu a área sem meu consentimento para Geraldo, em março de 2012”, ressaltou. Em maio de 2011, conta Luís, que ingressou na Prefeitura Municipal de Ourém com requerimento de Alvará de Localização e da Licença de Funcionamento da Mineração da área. Ele alega ainda que, a pedido do patrão na época, José Carlos de Farias, assinou o requerimento no ano de 2010, e o protocolou na Prefeitura de Ourém no mesmo ano. Já em setembro do ano seguinte, Luís afirma ter ingressado com requerimento no DNPM, solicitando registro da licença municipal. Em novembro do mesmo ano, ingressou com requerimento de licença de operação na SEMA. No início do ano seguinte, ele solicitou à Prefeitura Municipal de Ourém a renovação do Alvará e da Licença da área. Segundo ele, a extração de seixo e areia na área iniciou em junho de 2012, por José Carlos de Farias e por um comerciante de nome Geraldo Marchezini, até o mês de fevereiro deste ano, quando a área foi alvo da operação da SEMA, Polícia Civil e Centro de Perícias Científicas Renato Chaves. 
O outro acusado, o comerciante Geraldo Marchezini, 48 anos, natural de Colatina (ES), alega que desconhecia a ilegalidade da área. Ele conta que, em julho do ano passado, conheceu José Carlos de Farias, no município de Ourém, pois trabalha no ramo de compra e venda de seixo. Dessa forma, passou a negociar a compra de seixo com José para venda. Para tanto, fez a locação de uma pá carregadeira, uma escavadeira e um caminhão para José Carlos. “Eu era o responsável pela extração de seixo na área localizada na Comunidade do Furo Novo, a 06 Km, na zona rural de Ourém, enquanto que os responsáveis pela área e pela lavra eram Luiz Gonzaga de Jesus Junior e José Carlos de Farias”, afirmou. Geraldo alega que, antes de iniciar a compra e venda de seixo, teria perguntado a José Carlos se aquela área estava devidamente licenciada. A resposta dada por José é de que ele havia designado um empregado responsável pela documentação. Segundo ele, o empregado responsável pela documentação era conhecido como “Júnior”. Ao contrário do que afirma Luiz Gonzaga, Geraldo nega ter comprado o terreno e afirma não ter desconfiado que a área fosse ilegal. “José Carlos sempre deixava a impressão de que a área estava devidamente licenciada pelos órgãos competentes”, disse no depoimento. As investigações prosseguem para apurar as responsabilidades pelo crime ambiental na região.

,

Brasileiros serão os últimos migrados para o Skype


Nesta sexta-feira (15), a Microsoft confirmou que os usuários do Messenger começarão a ser migrados automaticamente, no dia 8 de abril, para o Skype. Os primeiros usuários a serem migrados serão os de língua inglesa. Já os brasileiros serão os últimos, previsto para o dia 30 de abril.
A integração entre os dois serviços e o encerramento do Messenger foianunciado em novembro do ano passado. Somente na China, o programa continuará funcionando. O Skype foi comprado pela Microsoft em maio de 2011 por US$ 8,5 bilhões.
De acordo com a assessoria do Skype, os usuários do Messenger estão sendo informados por notificações no serviço sobre a necessidade de atualização para o programa. Se um usuário ainda não tiver atualizado o Messenger para o Skype no momento em que começar a migração na sua língua, ele receberá uma notificação obrigando a instalação para a realização do login no serviço.
Serviços de terceiros que usam o código do Messenger para fornecer ferramentas de comunicação instantânea, como eBuddy, imo ou Trillian, também serão desativados, mas posteriormente. A Microsoft, no entanto, ainda não divulgou essa data.
(DOL)

,

Polícia Civil desarticula esquema de tráfico de pessoas em Vitória do Xingu

















A Polícia Civil desarticulou, na noite de ontem, uma casa de prostituição que funcionava por meio de um esquema de tráfico interno de pessoas para exploração sexual, na zona rural de Vitória do Xingu, oeste do Pará. No local, cinco pessoas eram mantidas em cárcere privado – um travesti, três mulheres adultas e uma adolescente – todas da região Sul do Brasil. O gerente e um funcionário do local foram presos em flagrante e encaminhados para a sede da Superintendência da Polícia Civil na Região do Xingu, em Altamira, para lavratura dos procedimentos policiais. O crime foi denunciado por uma adolescente de 16 anos, que fugiu ontem (13) do estabelecimento. A prática criminosa foi confirmada, por volta de 22 horas, durante operação policial deflagrada pela Polícia Civil sob a coordenação do superintendente regional, delegado Cristiano Marcelo do Nascimento.
A denúncia foi apresentada à Polícia Civil por meio de representantes do Conselho Tutelar de Altamira procurados pela adolescente. A conselheira tutelar Lucenilda Lima foi procurada pela jovem, uma gaúcha nascida em Maraú, no Estado do Rio Grande do Sul. A garota denunciou que foi trazida do Estado de origem para o Pará, por um homem, há uma semana, sob a promessa de trabalhar em uma boate, onde ganharia R$ 14 mil por semana. Mas, ao chegar ao Pará, a situação eram bem diferente. Ela foi levada para a zona rural do município de Vitória do Xingu, onde ficou levada ao prostíbulo, situado no interior de um sítio, na localidade de Vila São Francisco, localizada a uma distância de 20 quilômetros de dois canteiros de obras - “Pimental” e “Canais e Diques” -, da Hidrelétrica de Belo Monte.
A jovem relatou que, nesse local, foi forçada a se prostituir e mantida o tempo todo trancada em um quarto. A vítima contou ainda que era ameaçada pelo dono da boate, conhecido como Adão, que também seria oriundo do Rio Grande do Sul. Segundo ela, havia no local outras mulheres que estariam na mesma situação. A jovem relatou também que as pessoas não eram alimentadas e, o tempo todo, eram vigiadas por capangas e obrigadas a fazer programas para cobrir as dívidas com o dono da boate pelas despesas com a viagem do sul do país para o Pará. A jovem revelou que  trabalhadores da obra de Belo Monte eram os principais clientes da casa de prostituição. A adolescente conta que conseguiu fugir ontem da boate e, com por meio de carona, foi levada até Altamira para denunciar o crime.
Com base nas informações, a Polícia Civil formou uma equipe policial para apurar a denúncia. Composta pelo delegado Rodrigo Spessatto e investigadores Alessandro Diniz, Martha Farias de Lins, Arlen Maciel e Henrique Alves, a equipe da Superintendência Regional de Altamira seguiu, ontem, até a localidade, na zona rural de Vitória do Xingu, juntamente com a vítima e os conselheiros tutelares Josevam e Lucenilda Lima. Ali, os policiais civis constataram a veracidade das denúncias. “Percebemos que os quartos onde ficavam alojadas as mulheres possuíam trancas pelo lado de fora. Os policiais encontraram outras três mulheres e uma travesti que também estavam sendo exploradas sexualmente no local. Todas com maioridade e vindas de Estados da Região Sul do país”, explica o delegado Cristiano Nascimento. No momento da chegada, o dono da boate, de prenome Adão, fugiu do local, mas, conforme o delegado, a Polícia Civil vai representar junto ao Poder Judiciário pela prisão do acusado.
No local, foram presos em flagrante os gaúchos Carlos Fabrício Pinheiro, 33 anos, de Cruz Alta (RS), e Adriano Cansan, 20, de Nova Roma do Sul (RS), responsáveis pelo gerenciamento do estabelecimento. Um atuava como gerente e o outro, segundo os relatos, trabalhava como garçom. Porém, o segundo acusado também agia como um gerente, pois era o responsável em trancar os quartos, onde dormiam as vítimas. Foram resgatadas três mulheres naturais de Santa Catarina com idades de 18, 21 e 23 anos, e uma travesti paranaense de 20 anos, nascida em Pinhão (PR). O procedimento foi lavrado pelo delegado Lindoval Borges, titular do município de Vitória do Xingu, na sede da Polícia Civil em Altamira, responsável pela atuação dos acusados.
Os presos foram enquadrados no Código Penal Brasileiro, nos artigos 231-A, por tráfico de pessoas para exploração sexual; 218-B, por submeter, induzir ou atrair à prostituição ou outra forma de exploração sexual pessoa menor de 18 anos; 228, por induzir ou atrair alguém à prostituição ou outra forma de exploração sexual; 229 por manter, por conta própria ou de terceiro, estabelecimento em que ocorra exploração sexual, visando lucro, ou por mediação direta do proprietário ou gerente, e 230, por tirar proveito da prostituição alheia, participando diretamente dos lucros ou fazendo-se sustentar, no todo ou em parte, por quem exerça a prática ilegal. As vítimas, segundo explica o delegado, serão devolvidas aos familiares em seus Estados de origem. Já a casa de prostituição foi desativada.

,

Policiais civis recuperam motocicleta roubada em Santa Maria do Pará



Os investigadores Souza e Jorge Couto, da Delegacia de Santa Maria do Pará, nordeste do Estado, recuperaram, ontem, uma motocicleta no último dia 9, na cidade de Castanhal. O veículo, uma Honda CG 150 FAN, de cor preta, placa OFJ 0409, foi localizada durante ronda pela cidade. Os policiais civis avistaram a motocicleta na Rua Raimundo Maia, em frente à Vila do Chacrinha, bairro da Marambaia. Os policiais desconfiaram do condutor do veículo, o qual saiu apressadamente de perto da motocicleta, no momento da passagem da viatura policial, deixando o capacete sobre o veículo.
Segundo os policiais, o homem entrou em um quarto situado naquela Vila. Os policiais foram até o local e ali encontraram Fábio Júnior Loiola Pimentel. Ao ser interrogado, ele negou ser o dono do veículo. Os policiais revistaram o local e encontraram, dentro do imóvel, mais dois capacetes de motocicleta. Ele foi levado à Delegacia para averiguação. Na Delegacia, foi verificado que a motocicleta era roubada.
Já Fábio Júnior já tem passagens pela Polícia. Ele já foi preso em 2012 pela prática de roubo em Castanhal. O suspeito não foi reconhecido pelo proprietário do veículo, que foi a vítima do assalto, como o autor do crime. Ele foi indiciado em inquérito policial, e, após ser ouvido em depoimento, foi liberado. As ações são em cumprimento as determinações do diretor de Polícia do Interior, delegado Sílvio Maués, e do superintendente da Região do Salgado, delegado Luiz Xavier.

,

Marinha abre 2.200 vagas para concurso


A Marinha do Brasil publicou nesta quarta-feira (6), o edital para a realização de novo concurso de admissão às Escolas de Aprendizes-Marinheiros (CPAEAM/2013). O concurso prevê o preenchimento de 2.200 vagas e exige apenas o Ensino Fundamental. A oportunidade é exclusiva para candidatos do sexo masculino.
Os interessados poderão se inscrever através do endereço eletrônicowww.ingressonamarinha.mar.mil.br  ou no Comando do 4º Distrito Naval, localizado na Praça Carneiro da Rocha, s/nº, Cidade Velha, Belém-Pará, no período de 08 de fevereiro a 15 de março. O valor da inscrição é R$ 12.
Para se inscrever o candidato deverá ser brasileiro nato ou naturalizado, do sexo masculino, não ser casado ou ter constituído união estável, assim permanecendo durante todo o período em que estiver sujeito aos regulamentos da Escola de Aprendizes-Marinheiros, possuir o Ensino Fundamental completo por ocasião da apresentação de documentos e ter 18 anos completos e menos de 22 anos idade, no dia 1º de janeiro do ano de 2014.
A primeira etapa do Concurso Público compreende provas de Matemática, Português e Ciências. Os classificados nesta fase inicial passarão ainda por verificação de inspeção de saúde, teste de aptidão física, dados biográficos e verificação de documentos.
Os candidatos aprovados em todas as etapas do processo seletivo irão realizar sua formação militar em uma das quatro unidades da Força: Escola de Aprendizes-Marinheiros do Ceará, em Fortaleza (EAMCE); Escola de Aprendizes-Marinheiros de Pernambuco, em Recife (EAMPE); Escola de Aprendizes-Marinheiros do Espírito Santo, em Vitória (EAMES) e Escola de Aprendizes-Marinheiros de Santa Catarina, em Florianópolis (EAMSC).
O curso de formação de marinheiros é realizado durante 48 semanas, em regime de internato. Nesse período, os jovens recebem alimentação, alojamento, auxílio-fardamento, assistência médica-odontológica e uma ajuda de custo de cerca de R$ 680.
Ao final do curso, serão declarados Praças da Marinha do Brasil, na graduação de Marinheiros, com vencimentos iniciais de cerca de R$1.200, mais vantagens e benefícios.
SERVIÇO
Concurso Público de Nível Fundamental - Escolas de Aprendizes-Marinheiros (CPAEAM-2013). Inscrição: de 8 de fevereiro a 15 de março de 2013. Valor: R$ 12. Data da prova: a ser definida. Informações: www.ingressonamarinha.mar.mil.br ou (91) 3216-4022 / 3216-4042.
(DOL)

,

3º VELOTERRA de São Miguel do Guama























































































































blogjbatista.com

Criado em © 2011
Desenvolvido por. Bruno Tavares | brunoperfectt@live.com

Twitter