• Clique Aqui
  • Clique Aqui

Archive for Dezembro 2013

,

PRESENTE DE NATAL: FUNCIONÁRIOS EXPERIENTES DA PREFEITURA SERÃO DEMITIDOS

Segundo informações extraídas de um site da cidade a Promotoria de Justiça do município recomendou a prefeitura que efetuasse a demissão de todos os funcionários temporários, durante reunião realizada no plenário da câmara municipal, na noite de ontem. Segundo ainda o portal, o MP determinou também que o executivo chame todos os que passaram no concurso público de 2010. O maior problema está em torno daqueles funcionários que doaram suas vidas exercendo atividades na administração municipal, estando prestes a serem beneficiados pela aposentadoria por tempo de serviço. O pé na bunda vai ser um belo presente de Natal ao funcionalismo que, em alguns casos, não tem mais idade para pleitear emprego no concorrido mercado público. As demissões podem ser consideradas legais no domínio jurídico administrativo. Mas, perante a sociedade será vista como desumana e imoral. Quem perde é o município que deixa de lado a experiência acumulada nos tantos anos exercidos pelos funcionários mais antigos. A decisão foi uma “mão na roda” para o alcaide guamaense que já antecipava as demissões. Resta saber se os apadrinhados vão também pra rua. Fonte: Pautando Noticias

,

SECRETÁRIO DE SÃO MIGUEL DO GUAMÁ CHAMA FUNCIONÁRIO DE IMBECIL E MANDA ESTUDAR

Navegando na internet vimos um caso inusitado de um funcionário da prefeitura de São Miguel do Guamá ser insultado por um secretário municipal por discordar da postagem de seu “amigo de página”. O secretário, possivelmente, estava no aeroporto tomando umas e outras quando postou que estava brabo por não ter embarcado ainda. Comentando, Samuel Silva, que é vigia concursado da prefeitura, pediu para o secretário relaxar e que enquanto o gestor espera o voo, os funcionários esperam o pagamento. Respondendo, o secretário destilou seu veneno contra seu amigo de página que “tinha que aparecer um imbecil pra falar idiotice.. vai estudar e se informar primeiro antes de falar besteira. O pagamento não saiu por problemas na transmissão da folha pra Caixa. Os salários já estão depositados desde sexta feira.. estuda e te informa primeiro. Abraços”. Horas depois, ainda no Facebook, o secretário disse estar muito triste com as mensagens sobre os salários dos funcionários e tentou minimizar dizendo que uma parte não dependia dele. Quem será responsável pela outra parte? Fonte Pautando Noticias

,

Polícia Civil apresenta bando de assaltantes de banco preso na operação "Ultimato"

A Polícia Civil apresentou, nesta sexta-feira, 6, os quatro homens envolvidos em roubos a bancos presos, durante a operação “Ultimato”, no último dia 4, no sudeste do Pará; em Imperatriz, no Maranhão, e em Aparecida de Goiânia (GO). O bando, responsável pelos três roubos à agência do Banco do Brasil em Baião, ocorridos entre 2011 e 2013, foi transferido para a capital paraense, após autorização judicial. Dos envolvidos com a quadrilha, quatro foram presos, três morreram após troca de tiros com os policiais civis e outros cinco permanecem foragidos. A apresentação dos presos foi presidida pelo delegado João Bosco Rodrigues, diretor de Polícia Especializada, e pelos delegados Ivanildo Santos e André Costa, da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), Luís Xavier e Mac Dowell Fortes, que participaram da operação, cujo objetivo foi cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão contra envolvidos em uma organização criminosa responsável por roubos a bancos, na modalidade conhecida como “vapor” ou “novo cangaço”. Foram apresentados os irmãos Lairton José Pereira de Oliveira e Wilton Pereira de Oliveira, presos no Maranhão; outro irmão da dupla, Nailton Pereira de Oliveira, de apelidos “Neném” ou “Loirinho”, preso em Goiás, e Rafael Garcia Parreira, de apelidos “Loirinho” ou “Galego”, preso em Xinguara, sul do Pará. Também foram divulgadas as imagens dos foragidos. Foram mortos, em Marabá, durante troca de tiros, os assaltantes Francisco dos Santos Silva, conhecido como “Super 15” ou “Chiquinho”, líder da quadrilha; e dois integrantes do bando, Dionflay Pereira Costa e Geraldo Almeida de Siqueira, de apelido “Geraldo Paulista”, que era pernambucano e integrava o Primeiro Comando da Capital (PCC), de São Paulo. Conforme o delegado Ivanildo Santos, já está comprovado que as armas (fuzil tipo M16 calibre 565; uma metralhadora Famae calibre 9mm; uma submetralhadora Taurus calibre 9mm (de uso exclusivo do Exército); uma escopeta calibre 12; um rifle calibre 44 de repetição, e uma espingarda calibre .20) apreendidas, no último dia 5 de novembro, em Aurora do Pará, em poder de Carlos Eduardo Rodrigues Pereira, 23, matogrossense, foram usadas no último assalto a banco cometido pela quadrilha, em Baião, no Pará, há dois meses. O próprio preso, Carlos Eduardo, também é envolvido com a organização criminosa. Foram ainda apreendidas, na ocasião, seis bananas de dinamite que seriam utilizadas em um roubo a banco na região. O policial civil explica que a quadrilha é formada por dois núcleos. Um deles era comandado por “Super15”. O outro núcleo tinha como líder Anilton da Silva Rodrigues, de apelido “Nariz de Bruxa” ou “Barriga”, que está foragido. Ainda, conforme o delegado, já está comprovado que o bando foi o responsável pelos ataques aos caixas eletrônicos, com uso de explosivos, em um banco de Nova Timboteua, no Pará, este ano, quando a quadrilha tentou, mas não conseguiu levar o dinheiro, e em uma agência em Água Azul do Norte, no sul do Estado. O mesmo bando também está envolvido em assaltos a banco, em Bom Jesus das Selvas, no Maranhão, em 27 de novembro deste ano, quando, com uso de dinamite, o bando explodiu quatro caixas eletrônicos. Os criminosos portavam armamento de grosso calibre de uso exclusivo das forças armadas. Conforme o delegado Ivanildo, dos três irmãos presos – Nailton de Oliveira – teve participação em todos os roubos a banco, em Baião, e em outros dois assaltos, nas modalidades “vapor” e “sapatinho”. Com o dinheiro roubado, ele mudou-se para Goiás, onde comprou um carro, mobiliou uma casa e abriu uma lanchonete na cidade. Com ele, foram apreendidos dois veículos – um caminhonete e uma moto – e eletrodomésticos comprados com dinheiro roubado. Os outros dois irmãos receberam parte do dinheiro. Sobre a operação policial, em Marabá, onde três integrantes do bando faleceram, o delegado Luís Xavier, que coordenava a equipe no local, detalhou a ação policial. “Fizemos o cerco, pela frente e pelos fundos, na casa em condomínio de luxo, no bairro São Félix. No momento da entrada no imóvel, houve disparos feitos em nossa direção e assim revidamos. Os três ainda foram socorridos, mas evoluíram a óbito”, detalha. No local, uma caminhonete modelo Hilux usada nos assaltos foi apreendida, além de armas de fogo. Um deles era “Super15”, maranhense, que já esteve preso no Pará e no Maranhão, por roubos a banco. Ele usava esse apelido, pois usava um fuzil AR15 nos assaltos. As investigações mostraram que Dionflay Pereira Costa participou do assalto a banco, em Itupiranga, sudeste do Pará, em 10 de dezembro de 2008. Na ocasião, o subgerente do banco acabou morto a tiros e o autor dos disparos seria Dionflay. Ainda, conforme os delegados, a quadrilha costumava de comunicar por meio de mensagens de texto, via telefone celular, em telefones públicos e em rápidas reuniões. Os presos seraõ encaminhados ao Sistema Penitenciário. As investigações prosseguem visando localizar e prender os demais envolvidos com o bando ainda foragidos. Quem souber do paradeiro deles deve telefonar para o número 181, o Disque-Denúncia, serviço telefônico de denúncias totalmente sigiloso e gratuito.

,

Polícias Civil e Militar divulgam balanço de operação em São Miguel do Guamá

As Polícias Civil e Militar divulgaram, nesta terça-feira, 3, um balanço parcial da Operação "São Miguel em Paz", realizada, de forma integrada, no município de São Miguel do Guamá, nordeste paraense. Até o momento, quinze envolvidos em crimes de homicídio, tráfico de drogas, roubo, furto e lesão corporal foram presas na região. A ação policial vem ocorrendo desde 1º de novembro e prosseguirá até 2 de janeiro do próximo ano. A meta é intensificar as ações policiais para prevenção e repressão à criminalidade. O delegado Ronaldo Lopes, titular da Delegacia de São Miguel do Guamá, informa que, dentre os presos, estão recolhidos, por prática de roubo, Paulo Henrique Barbosa Gomes, 23 anos; Marcelo Teixeira Lemos, conhecido por “Negão”, 25; Flávio Leão da Costa, 20; Gleiciano de Jesus Brito, de apelido “Lombrinha”, 26; Wallace de Souza Ferreira, 19, e Valdinei dos Santos Silva, 21. Além deles, a operação policial também atua no combate aos furtos, principalmente, os arrombamentos em residências e comércios. Foram presos por furtos, na cidade, Miguel Cordeiro de Souza, 21 anos; Bruno Oliveira Cardoso, 20; Valcyr dos Reis Azevedo, 18, e Manoel de Jesus Oliveira, 33. Outro tipo de crime que é alvo da ação policial é o tráfico de drogas. Durante a ação policial, foram flagrados, por envolvimento no crime, Genival da Silva Travassos, de apelido “Fino”, 25, e Valdirene do Socorro Monteiro, conhecida como “Cristina, 38. Já Igor Renan do Rosário Alves, de apelido “Igor Paulista”, 25, foi preso por ter participado de um homicídio. Outras duas pessoas - Dionilson Lopes Teixeira, 22, de apelido "Loló", e Horlean Oliveira Teixeira, 20 - foram autuados em flagrante por lesão corporal no âmbito familiar. Conforme o delegado, a operação policial atende a uma determinação do Diretor de Polícia do Interior, delegado Sílvio Maués, para intensificar as operações no interior do Estado com o objetivo diminuir a violência e criminalidade. Todo o trabalho foi realizado pela equipe de policiais civis, sob o comando do delegado Ronaldo Lopes, juntamente com policiais militares comandados pelo tenente Lima, de São Miguel do Guamá.

Criado em © 2011
Desenvolvido por. Bruno Tavares | brunoperfectt@live.com

Twitter